Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Professor agride alunos dentro de sala em escola de Sinop e é afastado

0 5.062

Um professor concursado da rede municipal de ensino em Sinop agrediu cerca de sete alunos do 6º ano do Centro Educacional Lindolfo José Trierweiller, nessa terça-feira (10). Entre as agressões cometidas contra o grupo de crianças, que têm entre 11 e 13 anos, estão beliscões, chutes nas pernas dos alunos e puxões de cabelo.

De acordo com a secretaria municipal de Educação, pais realizaram a denuncia, bem como os próprios alunos no final da aula.

Conforme a secretária Veridiana Paganotti, foram analisadas imagens das câmeras de segurança que estão instaladas na escola, e após isso, as agressões foram comprovadas. “Realmente houve uma conduta não adequada do servidor. A gente está tomando providências de acordo com o que é regido”.

À Rádio 93 FM, a secretária afirmou que o professor foi afastado nesta quarta-feira (11), que já existe um substituto para dar aula à turma a partir desta quinta-feira (12) e que um Processo Administrativo será instaurado.

“Faremos uma reunião com os pais dos alunos que tiveram essa prática erronia do professor e em seguida iniciaremos o processo, pedindo a abertura do processo administrativo, uma vez que as provas já estão lá no vídeo, de acordo com o que está gravado. A secretaria lamenta em relação como o professor se comportou em sala de aula e estaremos tomando as medidas cabíveis ao caso”, complementa.

Veridiana orienta que os pais conversem com seus filhos todos os dias, perguntando como foi o dia na escola, pois é com essas conversas que pode se descobrir situações como a que ocorreu no Centro Educacional. “A gente sempre orienta os pais para perguntarem sobre a aula, acreditar nos filhos, depois vai lá na escola tirar essa dúvida, as crianças precisam se sentir seguras pela família. Sempre vale lembrar e buscar a escola pra esses esclarecimentos”, conclui.

Ainda conforme a secretária, o professor irá participar da reunião que está agendada para a noite desta quarta, para que possa explicar o contexto do que aconteceu dentro da sala de aula.

Em outubro de 2019, uma criança também foi agredida por uma servidora, porém contratada, no parquinho da escola municipal, EMEI Tatiana Belink, localizada no bairro São Cristóvão. Uma pessoa que estava no local no momento da agressão gravou um vídeo mostrando a situação. Na ocasião a servidora foi exonerada.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies