Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

“Parem de se preocupar com Coronavírus e vão limpar seus quintais”, diz secretário sobre dengue em Sinop

“Parem de se preocupar com o Coronavírus e vão limpar os quintais das suas casas”. Essa foi a fala do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, durante uma reunião realizada na sede do Ministério Público de Sinop, na tarde desta terça-feira (18), que foi organizada para debater sobre ações de combate à dengue no município.

Gilberto aponta que além das ações que são realizadas para acabar com os focos do mosquito Aedes Aegypti, é obrigação de cada cidadão cuidar do quintal das respectivas residências.

“A fatalidade principal que é um óbito por origem de dengue pode chegar a qualquer um, dos mais abastados aos mais humildes. Portanto é importante que a população entenda que precisa participar dessa tarefa importante que é de vistoria nas suas instalações. É importante que a população enxergue que o Poder Público está fazendo um grande esforço de mobilização para atacar os focos de multiplicação do mosquito da dengue que estão em áreas públicas, mas nas áreas privadas precisa efetivamente da participação dos proprietários abrirem seus imóveis para que os agentes possam fazer os trabalhos”.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), irá encaminhar três veículos que vão contribuir nas ações, como por exemplo, passar nas ruas para aplicar o fumacê. Essa técnica consiste em uma “nuvem” de fumaça com baixas doses de um agrotóxico que permite eliminar a maior parte dos mosquitos adultos presentes na região. Dessa forma, esta é uma técnica muito utilizada durante períodos de epidemia para eliminar mosquitos e evitar a transmissão de doenças como a dengue, a zika ou a chikungunya.

Leia também: Criança morre no hospital com suspeita de dengue hemorrágica

No início de fevereiro, a prefeita Rosana Martinelli esteve em Brasília, para solicitar a ajuda do Ministério da Saúde. Uma representante também participou da reunião realizado nesta terça. Ela não foi autorizada a gravar com as equipes de jornalismo, mas assegurou que uma equipe do Ministério irá capacitar ainda mais os agentes, médicos e outros profissionais que estão envolvidos no combate à dengue.

Dengue Sinop
Prefeita Rosana Martinelli foi até Brasília e solicitou apoio do Ministério da Saúde – Foto: Assessoria

Sinop tem ganhado destaque nacional devido às altas taxas de notificações, além dos óbitos ocasionados pela doença. Neste sentido, a prefeita afirma que as contribuições da Secretaria Estadual e do Ministério de Saúde, serão aplicadas nos próximos dias.

“Eu acho que informação é muito bem recebida e todas as sugestões, nós como município, temos que acatar. Nós queremos erradicar, não podemos nos acomodar. Ainda temos dois meses pela frente, que é março e abril, estamos no meio do ciclo da chuvarada e se nós não tomarmos as medidas necessárias e continuar lutando contra a doença, podemos ter problemas mais sérios”.

Desde o dia 28 de janeiro, a Unidade Básica de Saúde (UBS), Violetas atende de segunda a sábado, das 7h às 22h, e os postos Sabrina, Jacarandás, Maria Vindilina II e Menino Jesus de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h. A unidade Menino Jesus funciona como Upinha nos sábados, domingos e feriados. Já no dia 12 de fevereiro, as UBS’s Primaveras e Oliveiras também passaram a atender os pacientes com suspeita dengue em horário estendido. Os postos estão abertos de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 22h. “As medidas continuarão enquanto nós não sanarmos o problema, diminuirmos os focos, vamos continuar tomando medidas”, complementa Rosana.

Novas ações

A prefeitura, o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e seus voluntários, uma mega operação de recuperação de casas fechadas. Nesta quarta, quinta e sexta, dias 19, 20, 21 as equipes estarão vistoriando as residências, durante o horário de almoço, das 11h às 13h, no bairro Jardim Jequitibás.

No sábado, dia 22, a operação será, durante todo o dia, no bairro Jardim Violetas, onde foram detectadas 857 casas fechadas.

Leia também: Com mais de 2,5 mil notificações, Sala de Emergência é criada para combate a dengue

 

Problema estadual

O número de casos notificados de dengue disparou em Mato Grosso, com uma alta de 127% nos primeiros 40 dias de 2020 em comparação com o mesmo período de 2019. Os números passaram de 1722 para 3926.

Conforme a SES, Rondonópolis e Sinop são os municípios com as taxas mais altas. Já a capital Cuiabá aparece com 47 casos notificados, sendo 34 deles confirmados e um considerado grave. Em 2019, eram 76, uma queda de 38,1%. Várzea Grande as notificações chegaram a 10 em 2010 frente a 41 em 2020, retração de mais de 300%.

Leia também: Mais duas mortes por suspeita de dengue são registradas em Sinop

O secretário Gilberto assegura que Sinop não é a cidade de Mato Grosso com o índice de dengue alarmante. Ele afirmou que outros municípios estão com a situação mais preocupante do que a capital do nortão. Figueiredo elogiou o empenho de Rosana em mostrar que a cidade enfrenta uma situação preocupante, de buscar ajuda e ainda pede que todo o estado colabore para a eliminação dos focos de dengue.

“Mato Grosso é um ambiente propício para a proliferação. Clima quente, é úmido, chove muito, então chega essa época e o que que acontece? Um dos estados com maior índice de dengue é Mato Grosso. Isso se estende a quase todos os municípios. Tem cidades que tem índice de infestação predial quase o dobre de Sinop e nós não estamos notando nesses municípios a mesma preocupação que aqui. Essa é uma missão pra todos do estado, pra todos os gestores governamentais, para os prefeitos, para os secretários. Se não houver essa mobilização, não bastará um município fazer um esforço concentrado”, conclui.

Dengue SInop
Na foto, da esquerda para direita, a Prefeita Rosana Martinelli, Consultora técnica do Ministério da Saúde – Daniele Bandeira, Secretário de Saúde do Estado – Gilberto Figueredo, Dr. Pompílio – promotor de Justiça e Secretário Municipal de Saúde – Kristian Barros – Foto: Assessoria

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat