Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Mulher que foi baleada em Sorriso deve passar por cirurgia

Elizângela Moraes tem 44 anos e está internada no Hospital Regional de Sorriso, após ser baleada no rosto.

Na próxima segunda-feira (27), a mulher que foi vítima de um disparo de arma de fogo feito durante uma discussão com dois policiais militares em Sorriso, passará por um procedimento cirúrgico em um Hospital da cidade. Elizângela Moraes tem 44 anos e está internada no Hospital Regional de Sorriso, após ser baleada no rosto.

De acordo com informações, seu rosto está dilacerado em razão do tiro que a atingiu. Apesar do trauma, Elizângela não corre risco de morte, mas necessita passar por essa cirurgia e demais cuidados médicos para que se recupere com maior tranquilidade. Não há previsão de saída do hospital até o momento.

Os policiais militares que atiraram na mulher, são os soldados Ezio Sousa Dias e Webert Batista Ribeiro, os dois possuem 30 anos de idade e estão detidos e podem, inclusive, responder por tentativa de homicídio. Segundo informações, no momento do disparo, os acusados não estariam trabalhando.

Conforme já foi divulgado pelos meios de comunicação, a mulher estava com seu namorado, sentados em um banco, ao lado de fora de um estabelecimento comercial, quando passaram os suspeitos e, aparentemente sem motivos, acabaram agredindo a mulher e disparando contra seu rosto.

A Corregedoria da Polícia Militar já afirmou que os policiais poderão ser expulsos da corporação. O caso segue em fase de inquérito policial. Para a polícia, Elizângela reconheceu o soldado Ezio como o autor do disparo de arma de fogo. O exame de resíduo de disparo ainda não foi concluído, segundo o Ministério Público.

Em entrevista, uma das irmãs da vítima, Edinéia Moraes, relatou o drama familiar. “Minha mãe está acabada. Nossa vida acabou a partir de sexta-feira e agora nós vivemos essa vida de não sabermos o que fazer, não sabermos o que vai acontecer. Ela não conhecia os policiais. Como a gente não deve nada, a gente não teme o desconhecido”.

O médicos apontam que não há risco de morte, mas a vítima sofre com o medo do procedimento cirúrgico. O projétil que acertou a face do lado direito, atingiu os dentes da mulher, se estilhaçou alojando na região da nuca. Por este motivo, a face de Elizângela deverá ser reconstruída.

De acordo com os advogados de defesa, os policias pediram para serem ouvidos novamente pelo delegado. O advogado de defesa de Elizângela, Militão de Freitas, frisou que a vítima e o namorado – que também foi agredido pelos policiais – não têm antecedentes criminais e nem provocaram qualquer tipo de discussão.

“Não estamos aqui para denegrir a imagem da corporação, mas essa situação não pode existir, de quem deveria nos proteger comete atos de crueldade. Infelizmente, nesse dia, os dois policiais estavam descontrolados. E a vida da Elizângela se cruzou com a desses dois policiais. Ela reconheceu os dois como autores e ela e o namorado não tiveram contato com os policiais anteriormente”, disse Freitas.

Outro advogado de defesa da vítima, Gilvani Leal, informou que será pedido dano civil ao Estado e reparação de dano estético.

“Não temos nada contra a corporação Polícia Militar. Vejo que estão tomando as providências cabíveis. O comandante abriu procedimento de expulsão e não há como admitir que um agente público cometa atos dessa crueldade. Legalmente, entendemos tanto o soldado Ribeiro quanto o soldado Ezio incorreram em crime de tentativa de homicídio com duas qualificadoras de recurso que dificultou a defesa da vítima e motivo fútil”.

Segundo informações, a arma usada para atirar na vítima é de uso particular, cuja numeração é raspada. (Com informações de Luana Rodrigues / Portal Sorriso MT)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat