Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

MEC afirma que repasse milionário para quitar faturas de energia da UFMT já foi feito; saiba o valor

0 4

O Ministro da Educação Abraham Weintraub já está ciente sobre o corte de energia dos Câmpus da Universidade Federais de Mato Grosso (UFMT), que ocorreu na manhã desta terça-feira (16), devido a falta de pagamento de pelo menos 6 faturas, sendo quatro de 2018 e duas de 2019.

Conforme o Ministério da Educação (MEC), medidas emergenciais para a religação imediata de energia elétrica nos quatro campi que compõem a Universidade já são adotadas.

Abraham soube da situação dos atrasos ainda na quinta-feira passada (11), oportunidade em que esteve com a reitora Myrian Serra. Na ocasião foi autorizado o repasse de R$ 4,5 milhões para que a reitoria da UFMT, nomeada há três anos, quitasse a dívida das contas de luz com a Energisa.

De acordo com a nota emitida pelo MEC para a Rádio 93 FM, e também com um vídeo postado pelo deputado Federal José Medeiros (DEM), o ministro irá tomar as medidas cabíveis tanto administrativas como judiciais para a responsabilização dos envolvidos pela má gestão na UFMT. “A universidade tem autonomia, que não deveria ser confundida com soberania, aí fica essa situação, vamos dizer assim, mal explicada”, disse Abraham

Ainda conforme a nota do MEC, os valores, herdados no governo anterior corresponde a R$ 1,8 milhão. A liberação do limite de empenho foi realizada na sexta-feira (12). O MEC aponta que a reitora firmou compromisso para o pagamento imediato da dívida.

Sem energia
O corte da energia ocorreu por volta das 11h. A reitora estava em Sinop para debater assuntos relacionados ao Restaurante Universitário (R.U). Ela teria recebido uma ligação em que foi informada que a Energisa iria suspender o fornecimento da eletricidade nos câmpus. Imediatamente ela foi para o aeroporto e retornou à Cuiabá.

Os acadêmicos estão preocupados com a situação, pois segundo eles compromete o desenvolvimento dos trabalhos e pesquisas. Até a interrupção das atividades do Hospital Veterinário (Hovet) foram suspensas por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Seja bem vindo!
Powered by 93FM