Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Escavação para localizar ossada de mulher morta há 24 anos começa em Sinop

0 89

As escavações na residência onde supostamente está enterrada Luzineide Leal Militão, que foi assassinada no dia 17 de outubro de 1994, ou seja, há 24 anos, começaram na manhã desta sexta-feira (2). A Justiça emitiu a autorização para que os policiais realizassem esse trabalho.

Leia também: APÓS 24 ANOS, IDOSO CONFESSA ASSASSINATO DE ESPOSA E DÁ DETALHES DO CRIME

A casa fica na Avenida Itaúbas, no Jardim das Palmeiras e de acordo com o idoso, Jairo Narcisio da Silva, que confessou o assassinato, a vítima está enterrada embaixo de um banheiro, que na época era construído. Além dos policiais civis, peritos da Politec, além de funcionários do cemitério.

Os filhos de Luzineide, inclusive um deles que também é filho de Jairo, foram até o local, entretanto não quiseram se pronunciar. Eles souberam do crime apenas quando o delegado entrou em contato com os mesmos.

O crime
No dia do crime, Luzineide dormia em seu quarto quando Jairo chegou do trabalho. Ele viu que ambos estavam sozinhos em casa e então usou uma barra de ferro para matá-la com um golpe na cabeça, contudo ela não morreu na hora. O nariz dela começou a sangrar e no momento em que tentou respirar, Jairo tapou o nariz da vítima com a mão na intenção de trancar a respiração dela.

Quatro dias após o crime, ou seja, no dia 21 de outubro daquele ano, o homem foi até a delegacia, registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) e alegou que a esposa tinha ido embora de casa. O casal tinha dois filhos, um de cinco anos, e um de oito, que era apenas de Luzineide.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies