Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Empresários pedem providências em relação à pedintes de rua em Sinop

No documento, há um esclarecimento diferenciando os artistas de rua e os pedintes de rua. O ofício foi encaminhado ao município, em cópias às Secretarias de Assistência Social, Cultura e Desenvolvimento Econômico.

Empresários sinopenses foram ouvidos pela Associação Comercial e Empresarial (ACES), em relação aos pedintes de rua. Através de uma observação ‘no aumento’ de pessoas em situação de rua, a ACES enviou um ofício ao poder executivo pedindo providências, tendo em vista o número de vagas disponíveis de emprego na cidade.

O ofício foi encaminhado ao município, em cópias às Secretarias de Assistência Social, Cultura e Desenvolvimento Econômico. As cópias do ofício foram protocoladas na manhã desta quarta-feira, junto ao poder público municipal. No documento, há um esclarecimento diferenciando os artistas de rua e os pedintes de rua.

Empresários pedem providências em relação à pedintes de rua em Sinop
O documento foi protocolado com cópias às secretarias de Cultura, Assistência Social e Desenvolvimento Econômico de Sinop. Foto: Assessoria.

Na manhã desta quinta-feira (27), o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sinop, Klayton Gonçalves, esteve participando do Jornal da 93 FM, onde falou sobre o assunto. Em uma outra entrevista, o presidente disse que o número de vagas disponíveis para trabalho no município, pode dar oportunidade aos pedintes de rua.

“Nós não gostaríamos que uma cidade que tem oportunidade de emprego como Sinop tem, com várias vagas no Sine, estar vendo pessoas no semáforo pedindo ajuda financeira. Então torcemos para que isso seja resolvido, para que nós tenhamos também uma sensação maior de segurança. Muitas vezes, têm senhoras com crianças sozinhas no carro, e são abordadas e não sabem se realmente são pessoas que estão passando por necessidade ou o risco de que algo pior aconteça”, disse o presidente.

A segurança também é algo preocupante, segundo o presidente da ACES, tendo em vista às abordagens de pessoas estranhas. Conforme consta no documento protocolado, a ACES pede que o poder público faça algo para que, as pessoas que trabalham com arte nas ruas de Sinop, possam ser identificadas afim de não serem ‘equiparadas aos pedintes’.

Leia também – Banco De Dados Online Irá Ajudar Na Localização De Pessoas Desaparecidas

Em Sinop, existem várias instituições filantrópicas, clubes de serviços e também casa de passagem, que já desenvolvem ações em relação à pessoas em situação de rua. De acordo com Klayton Gonçalves, as pessoas podem receber uma ajuda mais eficiente do que apenas esmola, onde poderão ter a oportunidade de conseguir um trabalho.

“Que essas pessoas possam receber as suas ajudas necessárias e o encaminhamento social para que arrumem seu emprego, que se direcionem para suas reais necessidades e assim o município segue a sua vida, as pessoas se sintam mais seguras e o quadrilátero central – em especial – fique como ele deve ser, de uma forma ordenada e como a cidade de Sinop merece”, enfatizou Klayton.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies