Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Tapurah é destaque em protesto contra Lockdown

Em forma de protesto contra o fechamento do comércio, a população acendeu velas e cantou o Hino Nacional em frente ao Ministério Público. Acesse e veja imagens desta manifestação que foi destaque no estado de Mato Grosso.

0 500

Na noite desta quarta-feira (31), o município de Tapurah (428 km de Cuiabá), foi destaque em uma manifestação contra as restrições que o comércio vem enfrentando, após decreto estadual imposto pelo governador Mauro Mendes.

A prefeitura de Tapurah, que até a data da publicação do decreto marcava risco muito alto para a Covid-19, impôs medidas preventivas, como manda o decreto estadual. No município ficou proibido o funcionamento de comércios não essenciais, além de barreiras sanitárias na entrada e saída da cidade.

Em manifestação, os comerciantes da cidade foram em frente ao ministério público. Vestindo roupas pretas, e com a bandeira do Brasil, a população acendeu velas e cantou o Hino Nacional.

(Reprodução ouvintes/93FM)
(Reprodução ouvintes/93FM)

Também como forma de protesto, lojas de vestuário, retiraram todas as roupas de manequins, e colocaram placas escritas “Roupa não é essencial, ande pelado”.

(Reprodução)
(Reprodução)

“Todo mundo de Tapurah está querendo trabalhar, este negócio de estar classificando risco alto, risco muito alto é um pouco estranho, até porque, independente de qualquer forma, o comércio noturno já está fechado há muito tempo e continuou crescendo os casos de Covid, então não é por isso”, disse a empresária Cynthia Martelli.

Cynthia continuou dizendo que não é culpa do comércio.

“É a consciência que cada um tem que ter, do seu semelhante, do seu irmão, e não contaminar. Agora não adianta jogar a culpa para cima do comércio, não são os comerciantes, não são os empresários os responsáveis pela disseminação do vírus, a gente trabalha dentro da lei, dentro da legalidade, com todas as regras de segurança”, finalizou a comerciante.

Após protesto, foi realizada uma carreata pelo centro da cidade.  Ainda nesta quarta-feira (31), por meio do boletim epidemiológico publicado pelo Governo do Estado, Tapurah saiu da marca de risco “muito alto”, e agora marca risco “alto”, para a Covid-19.

Leia também- Promotor Requer Na Justiça Que O Estado Defina O Que É Essencial

Acompanhe essa e outras notícias no Jornal da 93FM 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies