Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Saiba como vivia criança de 2 anos morta por maus tratos

Em relato chocante, a acusada que tinha a guarda da criança, relatou como aconteciam os abusos e maus tratos. Acesse e veja...

A criança  Maria Vitória Lopes dos Santos, 2 anos e 7 meses, que morreu na segunda-feira (08) no Pronto-Socorro de Várzea Grande, após ser vítima de maus-tratos pelos pais, em Poconé (104 km de Cuiabá), apanhava com corda de curral, além de sofrer outras agressões e até mesmo privação de alimentação.

A.P.P, detalhou o que a menina sofria enquanto morava com ela e seu marido F.L.S, responsável pela criança. A menor ainda era obrigada a ‘desfilar’ nua e rebolar para satisfazer a lascívia repugnante do homem”.

A mulher também revelou que a criança era abusada pelo menos duas vezes na semana, onde ela chorava de dor e gritava: “Não, não, dói, dói”.

Ela ainda admitiu que há dois meses teria observado que o ânus da criança estava bastante machucado. Além disso, após os estupros, era encontrado sangue na frauda da menina.

Os policiais também tiveram acesso aos celulares dos acusados, onde encontraram vídeos que demonstraram a tortura sofrida pela criança.

Segundo a investigação conduzida pelo delegado Maurício Maciel, a guarda provisória da criança estava com o tio paterno e sua esposa há cerca de cinco meses. O casal morava em um sítio com a menina, na região rural de Poconé.

Os dois vão responder por homicídio qualificado maus tratos, estupro de vulnerável e tortura. Ambos continuam presos.

(Com Repórter MT)

Leia Também – 

Acompanhe essas e outras Notícias no Jornal Integração

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies