Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Hospital Santo Antônio entra em colapso após 100 % de ocupação de leitos

"Nós recebemos a média de 10 á 15 ligações por dia pedindo vaga no hospital." diz o Diretor da Unidade, que revela a situação caótica de enfrentamento da COVID-19 em Sinop. Acesse e veja na íntegra!!!

Nesta quinta-feira (17),  o Hospital Santo Antônio emitiu uma nota, informando que trabalha em capacidade máxima de internação, onde 100% de leitos não só de UTI, mas de enfermarias estão ocupados.

Ainda é informado nesta nota que, os pacientes que precisam de internação, estão sendo colocados em fila de espera, ou sendo remanejados.

Confira nota emitida pela unidade

O Hospital Santo Antônio informa que:

  • Está trabalhando com sua capacidade máxima de internação, com 100% dos leitos de UTI e enfermaria ocupados, situação que está sendo pressionada pelo elevado índice de pacientes com covid-19;
  • Os pacientes que chegam ao PA do Hospital Santo Antônio continuam sendo atendidos por médicos clínico-gerais, pediatras ou pela equipe de especialistas dos plantões sob regime de sobreaviso. Contudo, os pacientes que precisam de internação estão sendo colocados em uma fila de espera ou remanejados para outros hospitais, além de serem informados que não existem leitos disponíveis para o procedimento;
  • O Hospital Santo Antônio solicita, ainda, a cooperação da população que, ao procurar seus serviços para atendimento no Pronto-Atendimento, que o façam sozinhos. Caso haja necessidade de acompanhante, que seja, apenas, uma pessoa por paciente;
  • Nos casos de atendimentos pediátricos, o Hospital Santo Antônio solicita que que a criança seja acompanhada somente o pai ou a mãe;
  • Essa medida é de extrema importância para evitar, tanto a exposição desnecessária, quanto a aglomeração de pessoas dentro do hospital.

Após essa nota divulgada, a equipe da 93FM entrou em contato com o Diretor do Hospital e Doutor Wellington Randal para explicar melhor  a situação na qual se encontra a unidade.

“Na realidade o que vem acontecendo é o seguinte, no Hospital Santo Antônio, criamos uma unidade especifica para atendimentos dos pacientes com COVID-19. Esta unidade tem 34 leitos, com aporte de alguns empresários e pessoas da sociedade, que ajudaram a ter essa ala dentro do Hospital. Na primeira onda, conseguimos passar sem tantos problemas, só que nesta segunda onda as coisas pioraram” diz o Randal. 

O diretor nos conta que recebem aproximadamente de 130 á 150 pessoas por dia com possibilidades para o vírus.

“Independentes dos locais, estamos sempre tomando os cuidados , mas a ala esta totalmente lotada, leitos que nós tínhamos disponibilizados de uma forma com toda a restrição de atendimento esta lotado, ou seja esta extremamente complicado com relação a leitos. Nós  recebemos a média de 10 á 15 ligações por dia pedindo vaga no hospital. Nós estamos tentando segurar o máximo da entrada de pacientes de outras unidades , mas o que esta levando a isso, é a quantidade de pacientes que vem sendo atendidos na porta do hospital, em  média por dia atendemos de 130 a 150 pacientes, e 90% dos pacientes estão com problemas de COVID-19, ou com sintomas.”

Acesse e veja na íntegra a entrevista com o Diretor e Doutor Wellington Randal.

 

Leia também – COVID-19: Após Pedido De Chefe, Funcionária Trabalha Em Supermercado Infectada

Acompanhe outras notícias no Jornal da 93FM 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies