Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Homem é preso por homicídio consumado e tentativa de homicídio

O suspeito fez relatos de que teria sofrido agressões física e verbal da vítima.

0 32

Foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil um homicídio no município de Juína, registrado na última segunda-feira (27), onde vitimou Everaldo Martins de Jesus. O crime aconteceu quando a vítima teria estacionado sua caminhonete L-200 ao lado da Praça no módulo 05, logo em seguida, houve disparos de arma de fogo.

Os disparos acertaram a vítima, que morreu no local, e ainda acabou atingindo um terceiro que não tinha nada a ver com a história. A segunda vítima estaria saindo de um estabelecimento comercial, nas proximidades, e acabou sofrendo o disparo na região do ombro.

Everaldo Martins, de 46 anos, acabou caindo no interior da quadra de areia que havia na praça e foi encontrado já sem vida. O rapaz que ficou ferido recebeu atendimento médico e não há informações de seu estado de saúde.

Homem é preso por homicídio consumado e tentativa de homicídio
Everaldo, de 46 anos, vítima de homicídio. (Foto: Juína News)

A Polícia Civil foi, imediatamente, acionada e já iniciou as diligências para identificar e localizar o autor do crime. Diante das informações e levantamentos feito pela equipe de investigadores, a Polícia chegou até um suspeito que estava em sua residência no momento da abordagem e acabou dizendo a motivação do crime.

Uma arma foi apreendida na residência do investigado, que confessou uma desavença com a vítima na noite anterior. Segundo informações, o suspeito ainda teria dito que não tinha intenções em atingir a outra vítima e, de acordo com informações do Site Juína News, o suspeito fez relatos de que teria sofrido agressões física e verbal da vítima.

Conduzido até a Delegacia de Polícia Judiciária Civil, o suspeito, de nome e idade não divulgados, foi interrogado formalmente pelo delegado Marco Bortolotto Remuzzi, que falou o que o suspeito teria alegado no momento.

“Ele alegou que pegou o revólver para se defender, mas durante a desavença acabou atirando contra a vítima consumada, mas que não tinha intenção de atingir o terceiro com os disparos”, disse o delegado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies