Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Família e gerente de cooperativa são feitos reféns e bandidos levam R$ 140 mil

1 110

O gerente da cooperativa Sicoob de Juara foi mantido como refém junto com sua esposa e filho, durante à noite dessa segunda-feira (2) e a madrugada desta terça-feira (3), na residência da família.

De acordo com a Polícia Militar, os bandidos chegaram por volta das 19h. Eles estavam em dois veículos, sendo um Spacefox vermelho e um Corsa Sedan, branco. A família foi ameaçada durante toda a noite.

Conforme o Tenente do 21º Batalhão da PM, Fernando Schulz, na manhã desta terça os criminosos exigiram que o gerente fizesse um saque na cooperativa, que fica localizada na Avenida Ayrton Senna. “O fato aconteceu à noite de maneira bem sorrateira e o gerente pelo receio pela vida de sua família teve que obedecer”.

Cerca de R$ 140 mil foram entregues ao grupo criminoso, que depois de conseguirem a quantia exigida, fugiram, entretanto levaram a esposa e o filho do gerente. “Após entregar o valor solicitado, o gerente permanceceu na residência e os sequestradores evadiram-se do local com a sua família. Eles realizaram uma ameaça ao gerente, caso acionasse a Polícia Militar, eles iriam executar a esposa e o filho”, aponta o Tenente.

Ao terem a informação do que havia acontecido, as guarnições da polícia organizaram rondas na região do Vale do Rio Arinos, e conseguiram encontrar os familiares do gerente em uma estrada, na saída da cidade, que dá acesso a comunidade Jaú. Nenhum deles sofreu ferimentos e foram localizados bem, contudo o dinheiro não foi recuperado.

Até o momento nenhum suspeito foi localizado, ou preso. O Tenente Schulz assegura que as polícias de cidades como Brasnorte, Juína, Americana, Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte, entre outras, contribuem para conseguir identificar os bandidos. “Nós estamos em cerco na cidade. As unidades das cidades vizinhas estão realizando cerco no local para que possamos localizar esses delinquentes e realizar a prisão”, conclui.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies