Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Os principais motivos para o enfraquecimento dos ossos

0 35

Os ossos são estruturas formadas por tecido ósseo, ponto de encontro do cálcio no organismo, pelas proteoglicanas e fibras de colágeno. Essas estruturas se unem a outras por meio das articulações e formam assim o esqueleto do corpo.

Os ossos têm como finalidade a sustentação dos tecidos moles, revestimento dos órgãos, influência nos movimentos, reserva de energia e produção de células do sangue.

A motivação por traz do enfraquecimento dos ossos não é algo segmentado como muitos pensam. Ao ingerir comprimidos que repõe a quantidade de cálcio no organismo você está concretizando apenas uma das dezenas de precauções recomendadas. A falta de cálcio, fibras, e além de fatores como a idade e alimentação, doenças que não atuam diretamente os ossos, se agravadas, podem influenciar seu enfraquecimento.

Confira algumas causas do enfraquecimento dos ossos:

Substâncias químicas

As substâncias químicas, desde os refrigerantes a consumo de drogas pode influenciar o cálcio no organismo. Refrigerantes a base de cola possuem a presença de ácido fosfórico (H3PO4) em sua composição, que, com a ingestão exagerada, pode atuar prejudicando a absorção de cálcio pelo organismo. 

O uso de drogas como a metanfetamina e a cocaína pode influenciar a liberação de ácidos no organismo afetando a saúde da boca e levando a perda de dentes; tendo a necessidade do implante da prótese dental. Ademais, a remédios que controlam a pressão arterial também possuem esse efeito.

Osteoporose

A osteoporose é motivada por problemas na produção de hormônios, sedentarismo, falta de vitamina D, uso de cigarro ou álcool, doenças hematológicas e genética.

É a falta de nutrientes e minerais nos ossos que gera o enfraquecimento do sistema esquelético.

Apresentando 90% de sua formação completa em pessoas até os 20 anos, o cuidado com o esqueleto do corpo deve começar desde o início, desde criança consumindo alimentos com considerável quantidade de cálcio, vitaminas e minerais. O tratamento da Osteoporose procura evitar a fratura dos ossos, amenizar eventuais dores e conservar a finalidade do esqueleto.

Osteopenia

A Osteopenia pode ser causada pela diminuição da massa óssea e necessita de um tratamento rápido para não evoluir para osteoporose. Não apresenta dor ou sintomas, o que requer uma maior atenção. Suas causas são contrarias a osteoporose, como alta exposição ao sol e velhice. O uso do cigarro, a ingestão de bebida alcóolica e a falta de nutrientes também podem levar a osteopenia; sendo tratada através de atividades físicas, fisioterapia e ingestão de cálcio.

Reumatismo

O reumatismo é caracterizado por doenças que atingem articulações, ligamentos, músculos e tendões. Na maioria dos casos se desenvolve em idosos e geram dor, limitações e modificações dos movimentos.  É possível o reumatismo se desenvolver nos órgãos internos como os rins e coração. 

Caracterizando mais de 300 doenças, o reumatismo possui uma causa e um tratamento diferente para cada uma delas.

Tumor Ósseo

O tumor ósseo é um tipo de câncer que pode atingir qualquer parte do sistema esquelético. É comum se originar nos ossos da coluna, bacia, braços e coxas, não é frequente levar a pessoa ao óbito, mas necessita de um tratamento rígido ainda sim pela gravidade, já que o tumor pode se agravar e se espalhar pelo corpo.

Ainda não há provas científicas sobre a causa dessa doença, porém, se acredita que seja um erro presente no DNA das células.

Lordose

Se trata da curvatura de ponta interna exagerada da coluna espinhal. Caso a curvatura seja flexível, não há motivos para se preocupar, e caso fixa, é necessário procurar ajuda médica. Geralmente os médicos indicados para o tratamento são  clínicos gerais, reumatologistas e ortopedistas. 

Para se confirmar a doença é necessário reivindicar uma radiografia, e dependendo da necessidade, outros exames.

Doença renal

A vitamina D é danificada quando o funcionamento dos rins perde a eficiência, dificultando o aproveitamento de cálcio por todo o corpo. Assim, o sistema esquelético se desprende de parte do mineral responsável por sua coloração branca em função da necessidade de outras áreas do organismo.

Pessoas diagnosticadas com alguma doença renal deve reposicionar sua alimentação e possuir uma disciplina de tratamento para que não se agrave a osteoporose.

Para se precaver de uma doença renal e, consequentemente, do enfraquecimento dos ossos, é necessário possuir uma batalha contra a hipertensão e o diabete, já que ambas interferem no funcionamento dos rins. Exercício e uma boa alimentação são atos preventivos.

Doença celíaca

Pessoas com a doença celíaca não podem consumir o glúten, presente em centeio, malte, trigo e cevada; caso ingerido por elas, pode irritar o intestino e assim, pode atrapalhar a absorção de cálcio. A doença celíaca não pode ser prevenida, somente amenizada evitando esses alimentos.

A sugestão para o prejuízo quanto ao cálcio e doenças dos ossos é o consumo de cálcio, minerais, vitaminas, prática de atividade física, exposição de sol moderada e equilíbrio do peso. Se houver alguma suspeita de alguma doença, consulte o médico especialista e peça os exames requisitados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies