Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Desdobramento do caso Francinete leva ciúmes como motivação de crime

Após prisão do indivíduo, ele confessou o crime, e relatou que a motivação seria de ciúmes, já que segundo o mesmo em depoimento, alegou que Francinete estaria o traindo. Acesse e veja com detalhes, a narrativa do delegado sobre o caso.

Como já informado pelo departamento de jornalismo da 93FM, Georgileis Cardoso da Silva, de 52 anos, foi preso na tarde desta quarta-feira (14), acusado de matar Francinete Silva dos Santos, 32, a marretadas na ultima sexta-feira (09).

Após entrevista coletiva prestada pelo delegado da Delegacia Especializada de Defesa da  Mulher, da Criança, do adolescente e do Idoso, Dr. Sérgio Ribeiro, traz novos desdobramentos sobre o caso Francinete que surgiram devido as diligências das investigações.

Segundo depoimento prestado pelo acusado, ele confessou o crime, e relatou que a motivação foi ciúmes, já que, segundo ele, a esposa estaria tendo um caso com outro homem.

“Era uma relação muito turbulenta, violenta, em que esse sentimento de ciúme era muito grande. O senhor, segundo ele, teria chegado em casa, e a sua filha menor teria dito a ele, que a sua mãe estaria tendo envolvimento com outra pessoa, ela contou para ele como aconteceu os fatos, e ele ficou remoendo aquilo durante o dia”, explicou claramente o delegado Sérgio.

O delegado ainda enfatizou como aconteceram as agressões que vitimaram Francinete.

“Chegou a noite, por volta das 20h00, após ingestão de bebida alcóolica, após uma discussão, esse senhor de posse de uma marreta, começou a espancar a vítima, com marretadas em seu rosto, em sua barriga, e em seu corpo. Nesse momento, as duas filhas de Francinete estavam dormindo, a mais velha de 14 anos é uma garota com necessidades especiais, não conseguiu entender a situação. A mais nova de apenas 08 anos, presenciou o seu genitor desferindo golpes contra a cabeça e barriga da mãe”, enfatizou.

Após vários depoimentos prestados de pessoas próximas ao casal, ficou evidente que não foi a primeira vez que aconteceram tais agressões. Segundo a própria mãe da vítima, Georgileis já teria tentado esfaquear Francinete, no estado do Pará, mas por conta da intervenção de terceiros, não teve êxito.

“Eles teriam se separado, era um relacionamento de idas e vindas, mesmo assim, ela retornou a conviver com ele, já aqui no estado de Mato Grosso, já reataram o relacionamento e vieram para Sinop, por volta de 2020, e reataram em 2021 o relacionamento. Ela relata que ele era muito violento, as palavras da mãe da vítima é que ele tinha o costume de bater muito nela”, disse o Dr. Sérgio Ribeiro.

Dr. Sérgio responsável pela pasta reforça que o crime foi bárbaro, e que essas ações não são justificáveis

“Foi um crime bárbaro, que envolveu uma questão de subjugação da mulher de o indivíduo achar que é proprietário dela, independente dela ter ou não  um relacionamento extraconjugal, isso não é uma desculpa, na qual não justifica tirar a vida de ninguém“, finalizou o delegado sobre o caso Francinete. 

Diante de todos os fatos, o delegado esclarece que foi concluído que o homem é sem dúvidas culpado pela morte de Francinete, deste modo foi cumprido o mandado de prisão N°1013337-79.2021.8.11.0015.01.0001-14, expedido pela 2ª Vara Criminal de Sinop, em desfavor de Georgileis.

Desdobramento do caso Francinete leva ciúmes como motivação de crime 3
Georgileis Cardoso da Silva, de 52 anos, responsável pela morte de Francinete. (FOTO: Divulgação)
Desdobramento do caso Francinete leva ciúmes como motivação de crime 4
Francinete e 32 anos, Vítima de Feminicídio (FOTO: Reprodução)

Leia também –

Acompanhe outras notícias no Jornal da 93FM 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat