Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Meu carro é de leilão? Como proceder

Um produto proveniente de um leilão, principalmente quando falamos de veículos, sofre um preconceito natural da sociedade, especialmente se você quer troca-lo em revendas de semi-novos e usados.

Por outro lado, os maiores comprados de veículos provenientes de leilão não são os consumidores finais, mas sim os proprietários de revendas de usados. Algumas dessas lojas são totalmente mal-intencionadas, não revelam o histórico do veículo e quando abrem o jogo supervalorizam o seu produto.

Claro que alguns particulares também agem da mesma forma, mas acredite! Se você tem um carro de leilão e quer vende-lo, simplesmente abra o jogo.

Dá para saber se o carro é fruto de leilão?

Pouco tempo atrás, particulares e revendas faziam a festa comprando carros a preço de banana e vendendo na FIPE, com poucas chances de serem pegos.

Hoje em dia, com apenas uma pesquisa na internet, você pode encontrar uma lista com dezenas de empresas que oferecem o serviço para saber se o carro é de leilão.

Alguns planos oferecem simplesmente a consulta de leilões, enquanto outros mais completos permitem saber:

  • O veículo já teve registro de roubo;
  • O motor tem algum sinal de duplicação;
  • Avisos recentes de roubo ou furto;
  • Numeração do chassis e motor;
  • Se o carro ainda está vinculado a algum financiamento.

Tenho um carro de leilão e agora?

Responderemos as principais dúvidas de quem tem ou está adquirindo um carro de leilão.

Comprei um veículo de leilão, mas não fui avisado. Tenho direitos?

Com certeza. Nesse caso, você pode procurar diretamente o Procon de sua cidade e registrar uma reclamação contra a empresa.

Se não resolver, procure um advogado de sua confiança e solicite que ele abra uma ação contra a empresa ou pessoa que te vendeu o veículo.

Caso o carro tenha registro de sinistro, a situação é ainda mais grave.

Tenho ou comprarei um veículo de leilão. Terei que ficar sem seguro?

Depende, um veículo pode ir a leilão por muitos motivos e nem todos impedem que ele tenha seguro. Os casos mais comuns da negativa são quando existe histórico de enchente ou sinistro.

Se o seu veículo é proveniente de substituição de frota de alguma empresa, recolhimento por falta de pagamento de parcelas, dentre outros onde claramente não existem riscos para a seguradora, o seguro não será negado, mas pode custar mais caro.

Dá para vender um veículo de leilão a preço de tabela?

Antes de respondê-la. Você compraria um carro de leilão a preço de tabela?

De qualquer modo, a primeira coisa que você precisa fazer na hora de vender o seu veículo é ser  totalmente honesto com o comprador e fornecer o máximo de informações possíveis sobre o histórico dele. 

Afinal, você não quer correr o risco de esconder essa informação e depois ter muitas dores de cabeça com as consequências, não é mesmo?

Depois de falado sobre o histórico, conte também quais os benefícios de adquirir o seu veículo, qual a quilometragem, média de consumo, possíveis reparos que já foram feitos e outros pontos positivos.

Quer dizer que posso comprar um carro de leilão e não ter dores de cabeça?

Sim. Para isso é preciso consultar o histórico do veículo e evitar os que tiveram passagem por enchentes, marcas de incêndio ou que tem marcas de sinistro.

Se o objetivo da compra é economia, pesquise bem o preço médio do veículo que você está querendo comprar e nunca pague mais do que 80% valor. Por exemplo, se a FIPE de um Gol custa R$25.000, se adquirido de um leilão, não pague mais que R$20.000.

Lembre-se também que você ainda terá as despesas com leiloeiro e em alguns casos o frete.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies