Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Venda de bebida alcoólica é proibida em Rondonópolis e Tangará da Serra

Em Rondonópolis os moradores também não podem andar nas ruas no fim de semana e feriado enquanto o decreto vigorar

A prefeitura de Rondonópolis editou o decreto nº 9570/2020 de 18 de junho, que contém uma série de novas restrições estabelecidas na reunião desta quinta-feira do Comitê de Gestão de Crise, que foi criado para acompanhar e tratar de ações de controle da disseminação do novo coronavírus no município.

O decreto entra em vigor nesta sexta-feira (19) e segue valendo por 30 dias, com avaliações do quadro epidemiológico da Covid-19 no município sendo realizadas a cada sete dias.

Durante todos os dias em que vigorar o decreto está proibida no município a venda para pessoas físicas e jurídicas de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos varejistas, atacadistas, distribuidores e fabricantes. A comercialização e a utilização do cachimbo conhecido como “narguilé” também estão vedadas.

A circulação de pessoas de segunda a sexta-feira passa ser proibida após às 19h, podendo voltar a circular novamente a partir das 5h do dia seguinte. No entanto, para a realização de atividades religiosas o documento estabelece até às 20h.

Pelo documento também será proibida a circulação de pessoas, em qualquer horário, nos sábados, domingos e feriados, com exceção para serviços de extrema urgência e emergência.

Os estabelecimentos, como lanchonetes e restaurantes, estão autorizados a realizar  entrega domiciliar ou fazer o serviço “drive thru” para retiradas rápidas de alimentos prontos para o consumo. Porém, o consumo no local não é permitido, assim como a comercialização de bebidas alcoólicas.

Tangará da Serra

Como medida de prevenção ao avanço significativo de contaminação por COVID-19, a Prefeitura de Tangará da Serra editou o Decreto 269 que veda, por duas semanas, a comercialização de bebidas alcoólicas no âmbito do Município, inclusive no que diz respeito a venda delivery.

O decreto passou a valer a partir das 12h desta sexta-feira, 19, e segue até o dia 04 de julho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies