Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

URGENTE: Mãe confessa ter esquartejado bebê Brian

Ramira acaba de confessar que matou e esquartejou Brian. Ela afirmou que cometeu o crime para seguir com um relacionamento.

Seis dias após ser presa em Porto Velho (RO), a mãe de Brian, Ramira Gomes da Silva, 22, confessou à polícia que matou e esquartejou o próprio filho, de 5 meses, no dia 17 de maio, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá).

Em seu depoimento ela afirmou que matou o bebê para seguir com um relacionamento. Ela tem outra filha, de dois anos, que é criada pelos avós paternos. Ramira responderá por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

O crime foi cometido com requintes de crueldade. Segundo a mãe, na madrugada de 14 de maio ela matou o bebê asfixiado com um travesseiro. Foram necessárias duas tentativas para conseguir matar o filho, que estava no carrinho.

Depois do homicídio, ela levou o corpo até a pia da cozinha, onde cortou as mãos e pés do filho, para facilitar esconder o cadáver. Ela colocou os membros dentro de latas de leite em pó, embalou em sacos de lixo e deixou na lixeira em frente da casa.

Ela ainda lavou o local e jogou as roupas que usava fora. O corpo foi enterrado em uma cova rasa embaixo de um tanque de lavar roupa no quintal.

Ao amanhecer, foi até o mercado para comprar produtos de limpeza para tentar eliminar os vestígios de sangue na cozinha. Depois de ter matado o filho, ela ainda compareceu à uma consulta no dentista, como se nada tivesse acontecido.

Após o crime ela comprou passagem para Cuiabá, de onde seguiu para Porto Velho e tinha como destino Manaus (AM). Após um vizinho encontrar o corpo em 17 de maio, a Polícia Civil começou a investigar seu paradeiro e conseguiu informações sobre a fuga, até localizar a mulher em um barco com destino a Manaus.

URGENTE: Mãe confessa ter esquartejado bebê Brian 5
(Reprodução)

(Com Gazeta Digital)

Chegada de Ramira em Mato Grosso:

Ramira Nunes, a mãe do bebê que foi encontrado morto pela Polícia Civil no quintal de uma casa, chegou nesta sexta-feira (21), em Sorriso. Ela foi trazida da cidade de Porto Velho, em Rondônia, onde tentava embarcar para o Amazonas. O delegado José Getúlio Daniel irá colher o depoimento dela.

Em entrevista, o delegado explicou que todas as justificativas dadas pela suspeita serão colhidas em novo interrogatório.

“Vamos levar ela para o Núcleo de Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa [DHPP] e continuaremos as diligências para cessar todas as dúvidas que temos para darmos uma conclusão com maior fundamentação sobre o caso”.

A mãe de Brian, que não falou com a imprensa, chorou em algumas partes do trajeto para Sorriso, segundo o delegado.

“Agora será interrogada a causa mortis, que informalmente foi traumatismo craniano. Já coletamos muitas provas e, se restarem dúvidas, as diligências serão realizadas”.

Outro filho de Ramira reside com a mãe dela. Sobre o pai do bebê Brian, o delegado informou que o relacionamento foi pouco duradouro e que ele, apesar de registrar a criança, encerrou contato. Neste caso, o homem poderá responsabilizado, mas por dano material.

As investigações da PJC de Sorriso apontam que também constará no inquérito que, antes de viajar, Ramira vendeu alguns produtos que sem o conhecimento do proprietário.

Após prestar depoimento, ela será encaminhada para alguma cadeia feminina do Estado que tenha vaga.

URGENTE: Mãe confessa ter esquartejado bebê Brian 6
Chegada da suspeita em Sorriso
(Reprodução: G1 MT)

(Com Portal Sorriso)

Perícia:

Exame da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) constatou que o bebê Brian, de 5 meses, morreu de traumatismo craniano. O corpo do menino foi encontrado enterrado no quintal de uma casa na cidade de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), na segunda-feira (17).

A confirmação de que a morte foi causada por traumatismo consta no exame de necropsia do bebê, mas o laudo da perícia ainda não foi emitido. Assim, os detalhes sobre as lesões sofridas pela criança só serão divulgados com a emissão do documento final.

O resultado do exame de necropsia derruba a versão apresentada pela mãe da criança, identificada como Ramira Gomes da Silva, 22 anos, apontada como sendo a principal suspeita da morte do bebê.

Conforme o delegado Yuri Medeiros, que realizou a prisão, a mãe do bebê disse que viajou e o deixou com uma amiga. Nessa primeira versão, ela afirmou que não saberia a causa da morte.

Contudo, após ser questionada novamente a respeito do crime, a mãe apresentou nova narrativa sobre os fatos. A mulher apontou que o bebê morreu no dia 13 enquanto dormia. Ela também confirmou que enterrou a criança, mas negou ter amputados os pés e mãos do menino.

Perícia confirma que bebê Brian morreu de traumatismo craniano
(Reprodução)

(Com Gazeta Digital)

Prisão da mãe:

Foi presa na manhã de terça-feira (18) na cidade de Porto Velho, em Rondônia, R.G., de 22 anos, mãe do bebê Brian, esquartejado e enterrado no quintal de casa, em Sorriso (420 km da Capital. A mulher se preparava para fugir para o Amazonas.

De acordo com as investigações da delegacia de Sorriso (420 km da Capital), R.G. teria deixado o município na sexta-feira (14), a caminho de Cuiabá, onde seguiu viagem para Rondônia.

Os investigadores estavam monitorando as redes sociais da procurada e constataram que ela estava colocando alguns ‘pertences’ à venda na internet em Porto Velho, constatando que a ‘procurada’ estava na cidade e possibilitando a detenção dela nesta manhã.

A suspeita foi presa próximo a um caminhão, supostamente, se preparando para fugir.

Uma equipe da Delegacia de Sorriso seguirá para Porto Velho para buscar a suspeita para ser ouvida e responder todas as perguntas ainda sem respostas sobre o caso.

(Com Repórter MT)

Versões da suspeita:

A mãe, Ramira Gomes da Silva, de 22 anos, que foi presa nesta terça-feira, na cidade de Porto Velho, em Rondônia, alega que enterrou o filho após se desesperar com a morte dele, que teria ocorrido, segundo ela, “por causas naturais”.

A suspeita é mãe do pequeno Brian, de 5 meses, que foi enterrado no quintal de uma casa, situada na rua Itajaí, no bairro Benjamin Raiser, em Sorriso. Em entrevista exclusiva ao Balanço Geral, programa da TV Sorriso, o delegado Iury de Medeiros Brasileiro disse que a mulher apresentou duas versões distintas para o caso no interrogatório.

Ramira foi presa por policiais civis de Porto Velho quando estava em uma embarcação, que partiria amanhã para Manaus. Na oitiva, segundo o delegado, a mulher disse que não estaria em casa no momento da morte de Brian.

Por último, sustentou a versão de que a criança “faleceu de morte natural” enquanto ela dormia. Declarou, ainda, que ao se deparar com a cena, se desesperou e enterrou o corpo porque ninguém acreditaria na versão dela.

“Ela se mostrou bastante fria. E não faz muito sentido a fala dela, pois ela deveria ter chamado a polícia e esclarecido o caso. Não faz sentido ela fugir do local dos fatos”.

Além disso, a mãe de Brian ainda confirmou em seu interrogatório que possuí passagens por furto e estelionato. No entanto, não deu maiores detalhes sobre esses crimes. Os antecedentes criminais de Ramira ainda não foram puxados, o que deve ser feito após ela chegar em Mato Grosso.

Sobre a viagem, a mãe ainda argumentou que já tinha passagem comprada desde o último dia 11, e que, inclusive, levaria o filho para o Manaus.

Ela também declarou que a criança foi enterrada sem mutilações, e que a morte teria ocorrido no último dia 13 de maio, quando enterrou a criança pela manhã.

O delegado José Getúlio Daniel, da delegacia de Sorriso, responsável pelas investigações, disse que as diligências seguem em andamento para identificar o método de violência que levou Brian a óbito.

A expectativa é que nesta quarta-feira (20) os policiais civis irão para Porto Velho para trazerem a mãe para Sorriso.

A investigação sobre o caso está em andamento e a suspeita pode responder pelos crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

URGENTE: Mãe confessa ter esquartejado bebê Brian 7
Mãe de Brian
(Reprodução)

(Com Visão Notícias e informações Repórter MT)

Relembre o caso:

Nesta segunda-feira, na rua Itajaí, no bairro Benjamin Raiser, em Sorriso, uma mulher encontrou o corpo de um bebê, do sexo masculino, que tem entre 4 e 5 meses de idade. Segundo ela, o corpo foi encontrado após ser desenterrado por uma cadela da raça pitbull e arrastado. A Polícia Juciária Civil (PJC) foi acionada e está em diligências.

“Cheguei e me deparei com a cena de uma criança jogada. Aparentemente, ela foi enterrada e minha cadela desenterrou e a arrastou pelo pátio. É um menino de 4 meses”, disse a mulher que encontrou o bebê, em entrevista à TV Sorriso.

Segundo ela, o bebê Brian pode pertencer a uma residente de uma casa, onde ela apenas guarda alguns pertences pessoais.

“Minha amiga morava aí e para diminuir os gastos colocou uma mulher dela para morar aí, e ela tinha um bebezinho e ontem à noite não vi nada e hoje encontrei isso. Supostamente é a mesma criança. Mas a mulher fala que deixou a criança com a babá”.

Assim que encontrou o corpo do bebê, a mulher disse ter ficado em estado de choque.

“Não consegui assimilar, virei as costas e voltei para casa e fui buscar meu amigo para ter certeza”.

O investigador Roberto Pinto disse que o corpo estava enterrado embaixo de um tanque.

“Parece que está amputado, bem inchado e é uma cena que choca a gente que está já 14 anos na polícia e acostumado a ver de tudo. Sou pai, tenho uma filha, é muita maldade. Quantas pessoas querem ter um filho e não conseguem? Mas o crime não vai ficar impune”.

A polícia faz a procura dos membros do corpo da criança que foram amputados, sendo os braços e as pernas, mas os mesmos não foram encontrados na residência.

URGENTE: Mãe confessa ter esquartejado bebê Brian 8
Residência aonde o corpo foi encontrado.
(FOTO: Portal Sorriso)

O caso continua sendo apurado e a mãe da criança está sendo procurada.

(Com Portal Sorriso)

Leia também- Morador De Rua É Agredido Com Pedrada Enquanto Dormia

Acompanhe essa e outras notícias no Jornal da 93FM

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies