Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Sinop passa a ter dois Conselhos Tutelares em único prédio

Com a inauguração, Sinop passa a ter dois Conselhos Tutelares em um prédio próprio. Ao todo, são 10 conselheiros.

0 38

O prédio onde estão localizados os dois Conselhos Tutelares em Sinop, foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (12), pela prefeita Rosana Martinelli. Recentemente, o município passou a ter duas equipes de conselheiros, devido ao número de habitantes na cidade. Cada unidade poderá trabalhar em um único prédio.

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a cada 100 mil habitantes, o município deve implantar um novo Conselho Tutelar. Ao todo, serão 10 salas de atendimento, para os conselheiros, em uma área com cerca de 280 m². Todo o prédio é novo e, segundo a prefeita, isso é prioridade em sua gestão.

“Desde o início, nós baixamos 25% de todos os contratos de aluguel. Nós conseguimos isso priorizando e melhorando os prédios próprios. Eram cinco e agora são 10 conselheiros aptos e capacitados, de fazerem o seu trabalho, cuidando das nossas crianças do município”, enfatizou a prefeita Rosana Martinelli.

Para a manutenção das duas unidades, está previsto um valor a cerca de R$ 1 milhão por ano, entre gastos administrativos e folha de pagamento. De acordo com a secretária de Assistência Social de Sinop, Josi Palmasola, ter a sede própria dará identidade e dignidade aos dois Conselhos Tutelares.

“Nós temos a sede própria, o que significa que os dois conselhos tutelares têm endereço, identidade e dignidade. Hoje nós temos duas pessoas na recepção, um guarda, motoristas diurno e noturno, e temos dez conselheiros”, destacou Palmasola.

Em função da pandemia, a equipe psicossocial está afastada, mas segundo a secretária, em breve deve retornar o atendimento junto às unidades do Conselho Tutelar de Sinop. Até então, o município tinha cinco conselheiros em uma única unidade, onde atenderam 2.903 ocorrências, apenas no ano passado.

Já para este ano, no primeiro semestre, foram registrados 1.551 atendimentos pelo Conselho Tutelar. A coordenadora Angelica Gaspari, aponta que com a questão da pandemia, não estão recebendo os dados de evasão escolar, que também é acompanhada e entrou nos dados do ano passado.

“Saíram os dados das escolas, mas os casos de abuso sexual, maus tratos, abandono de incapaz e negligência aumentaram na pandemia”, pontua a coordenadora Angélica.

O atendimento do Conselho Tutelar é de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Nos horários de almoço, finais de semana e feriados, o atendimento é feito por um conselheiro plantonista. Plantão: (66) 9 9984-8156. (93 FM com informações de Débora Lobo / Ascom)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies