Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Em 3 dias, Sinop foi a cidade que mais registrou raios em MT

Mato Grosso registrou 601 mil raios em todo território. Conforme explica a Energisa, por conta do grande volume de descargas elétricas, houve aumento dos casos de interrupção no fornecimento de energia.

Em 3 dias dessa semana, Mato Grosso registrou 601 mil raios em todo território. As descargas elétricas provocadas pela mudança climática e chegada de chuvas causou interrupção no fornecimento de energia em várias localidades. Para o fim de semana, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) tem alerta de tempestades para 20 dias.

Segundo a empresa Energisa, as descargas elétricas ocorrem por conta da brusca troca de temperatura quanto maior for a diferença entre o ar frio que chega e o ar quente que já está no lugar, mais forte é o vento e a chuva gerados.

Nesses dias citados, o impacto foi maior na região de Sinop (500 km ao Norte). Em cidades como Alta floresta, Paranaíta, Matupá, Nova Guarita, Nova Santa Helena e Novo Mundo o volume de ocorrência foi quase 4 vezes maior que o normal. Mas também há pontos de atenção nas regiões metropolitana e de Rondonópolis.

“O que se deve ter atenção é a força dessa mudança climática. Ter chuva é normal. Ter tempestade o tempo todo não. Mas esse é um evento que precisa ser estudado melhor. Agora é importante dizer que essas condições de calor entrando em choque com a umidade, geram nuvens com grandes extensões, criando temporais”, explica o climatologista na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Rodrigo Marques.

Conforme explica a empresa, por conta do grande volume de raios houve aumento dos casos de interrupção no fornecimento de energia. Nos 3 dias registradas 3,7 mil ocorrências, mais que o dobro do volume normal verificado.

“Algumas regiões preocupam mais porque são de difícil acesso. Árvores inteiras caíram sobre a rede e os raios danificaram alguns equipamentos, mesmo com todo sistema de proteção que nós temos. Mas é importante dizer que nós priorizamos e redirecionamos nossos reforços para atender a falta de energia”, garante o gerente de operação da Energisa Mato Grosso, Thiago Martins.

Com a chegada do tempo chuvoso, a atenção deve ser direcionada a poda de árvores com galhos próximos a rede elétrica. A empresa faz a poda preventiva, mas os moradores também devem ficar atentos ao cenário de raios em torno de casa.

Em 3 dias, Sinop foi a cidade que mais registrou raios em MT
Chico Ferreira

(Com Gazeta Digital)

Leia Também –

Acompanhe outras Notícias no Jornal da 93FM 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies