Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Primeiro caso suspeito de varíola de macacos é registrado em Mato Grosso

Após o registro da denúncia, o município entrou em estado de alerta. Acesse e confira mais detalhes!!

O Município de Cáceres, a 220 km de Cuiabá, registrou a denúncia de um caso suspeito de varíola de macacos e entrou em estado de alerta na quinta-feira (26). A cidade faz divisa com San Matías, na Bolívia. O país possui um caso suspeito da doença.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) informou por meio de nota que está apurando a informação junto ao município. Segundo o órgão, os casos suspeitos da varíola deverão ser notificados de forma imediata.

Um jovem boliviano, de 26 anos, foi isolado na cidade de Santa Cruz de la Sierra, na quinta-feira, com sintomas parecidos ao da varíola dos macacos.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde de Cáceres, Elis Fernanda de Melo Silva, o município vai permanecer em alerta enquanto houver risco.

“Tivemos uma denúncia que uma pessoa passou pela fronteira com o braço cheio de lesões características da doença. As pessoas que verem casos característicos pode informar para Vigilância em Saúde, ou qualquer unidade de saúde do nosso município”, informou.

A secretária enfatizou que a denúncia foi informal e não sabem, até o momento, se o caso é real, mas por precaução entraram em estado de alerta.

“A nossa preocupação é porque é uma doença que se espalha muito rápido. Acabamos de passar por uma pandemia, a gente já fica em alerta e com medo de viver novamente um surto ou epidemia de uma nova doença”, contou.

A secretária explicou que caso o município notifique algum caso suspeito, será feito uma barreira sanitária que faz parte do plano de contingência de Cáceres.

(Com G1 MT)

Leia também –

Acompanhe mais informações no Jornal Integração

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies