Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Piloto flagrado com quase R$ 5 milhões é investigado por lavagem de dinheiro e ocultação de bens

0 20

O piloto Francesco Turriziani, de 61 anos, que foi flagrado com mais de R$ 4,6 milhões em um avião que precisou fazer um pouso forçado em Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, é investigado pelos crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens.

Turriziani fez um pouso forçado de um Cesnna 206 T, prefixo PR-RMH ano 2005, no aeroporto rural a 5 km de Alta Floresta. O advogado de Francesco, Walter Stavarengo, que disse ao G1 que o italiano usaria o dinheiro para comprar ouro em uma empresa que será aberta em Itaituba (PA).

O delegado de Alta Floresta, Vinicius Nazário, informou que a origem do dinheiro não foi comprovada e os valores foram depositados em uma conta da Justiça.

A origem do dinheiro será investigada em inquérito policial. O piloto foi liberado por não ter provas de ”ilícitos” contra ele, neste momento.

A Polícia Civil disse que não foram encontrados registros criminais contra o piloto. A investigação seguirá na linha de lavagem de dinheiro e ocultação de bens (dinheiro e valores).

A aeronave também está apreendida e aguarda uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), que realizará uma perícia no avião.

O avião será levado para um hangar no próprio aeroporto rural. A documentação da aeronave aparentemente está regular, mas a Polícia Civil aguarda confirmação da Aeronáutica.

Condenação
O G1 apurou que o italiano, que vive há 30 anos no Brasil, foi condenado pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. A decisão foi do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) em 2009. Ele recorreu da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que negou o recurso e manteve a decisão.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF) Turriziani foi investigado pela Polícia Federal em 2002 quando teve uma aeronave, Cessna Aircraft prefixo PT-WDI, interceptada pela Força Aérea Brasileira (FAB).

Em nota enviada à TV Centro América, a assessoria da Polícia Civil disse que, “a Diretoria de Inteligência, na capital, conseguiu levantar que [o piloto] respondeu um inquérito no ano de 2002, na Justiça Federal. No entanto, isso não é elemento de prova para sua autuação em flagrante referente à apreensão do dinheiro, que é objeto de investigação de possível lavagem de ativos financeiros”, comentou a instituição.

Avião com R$ 4,6 milhões fez pouso forçado e polícia encontrou malas de dinheiro em Alta Floresta — Foto: Polícia Civil de Alta Floresta (MT)

Avião com R$ 4,6 milhões fez pouso forçado e polícia encontrou malas de dinheiro em Alta Floresta — Foto: Polícia Civil de Alta Floresta (MT)

O caso
O avião, Cesnna 206 T, prefixo PR-RMHano 2005, fez pouso forçado em um aeroporto rural a 5 km de Alta Floresta.

De acordo com a Polícia Civil, apenas o piloto estava na aeronave.

Ele saiu de Sorocaba, em São Paulo, com destino a Itaituba. O avião faria duas paradas de abastecimento, sendo uma em Jataí, em Goiás, onde o piloto percebeu o problema na aeronave.

Mesmo assim ele seguiu a viagem com a próxima parada em Alta Floresta, local onde fez o pouso forçado.

Moradores ligaram para a polícia dizendo que um avião havia ”caído” no aeroporto. Os policiais foram ao local e encontraram o piloto embarcando em um táxi.

No avião a polícia encontrou seis malas contendo uma enorme quantia em dinheiro, totalizando R$ 4.679.750.

O advogado do piloto afirmou que Francesco atua como parceiro do proprietário da empresa de compra de ouro, que vai começar a atuar em breve no município paraense.

Conforme a defesa, o piloto pegou o dinheiro em Sorocaba (SP) do proprietário da empresa, que também é dono de um táxi-aéreo e teria vendido um jato.

O advogado afirmou que Francesco mora em São Paulo desde que tinha 3 anos de idade, é piloto de profissão, vende aviões e concordou com a quebra de sigilo bancário. (Do G1 Mato Grosso)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies