Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

SINOP: PF deflagra operação que investiga a comercialização ilegal de agrotóxicos

Mandados também foram cumpridos em endereços residenciais e comercial localizado no município de Sorriso e em Lucas do Rio Verde/MT. Veja mais...

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (12) a Operação Mãe-Terra, que investiga a comercialização ilegal de agrotóxicos de origem estrangeira no estado de Mato Grosso. Estima-se que o grupo movimentou uma quantia de R$ 154 milhões de reais em dois anos. Quatro mandatos de busca e apreensão foram expedidos pela Justiça Federal de Sinop (500 km de Cuiabá).

Segundo informações da assessoria da PF, as investigações da operação deram inicio a partir de denúncias que apontavam que um dos suspeitos, morador de Sorriso (420km de Cuiabá) era um dos principais contrabandistas de agrotóxicos do município.

Diante disso, foram realizadas fiscalizações pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que identificou os agrotóxicos ilegais em propriedades rurais atribuídas aos investigados.

Na operação, mandados foram cumpridos em endereços residenciais e comercial localizado no próprio município de Sorriso e em Lucas do Rio Verde/MT.

Movimentação financeira 

O COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) confirmou ainda a existência de grande movimentação bancária suspeita na conta dos investigados. A Justiça Federal autorizou a quebra de sigilo bancário e foi possível constatar que os suspeitos de comercializar fertilizantes ilegalmente importados movimentaram, em apenas dois anos, R$ 154 milhões de reais, dos quais, grande parte, sem identificação de origem e destino para pessoas que já responderam pelo crime de transporte e uso ilegal de defensivos agrícolas.

Agora nessa operação, o próximo passo da Polícia  Federal será descobrir quem são os fornecedores nos países fronteiriços, a estrutura logística utilizada para o transporte e os destinatários.

Os suspeitos podem responder  pelos crimes previstos nos artigos 56 da Lei 9.605/98, com pena de 01 a 04 anos de reclusão, e multa, e art. 15 da Lei 7.802/89, com pena de 02 a 04 anos de reclusão,  multa, dentre outros crimes que serão apurados no curso das investigações.

SINOP: PF deflagra operação que investiga a comercialização ilegal de agrotóxicos 3
(Divulgação)

SINOP: PF deflagra operação que investiga a comercialização ilegal de agrotóxicos 4

(Com Gazeta Digital)

Leia também –

Acompanhe mais informações no Jornal Integração

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies