Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Família reconhece idoso que está no IML de Sinop há mais de 30 dias

Adilmo havia cometido suicídio no dia 17 de novembro em Sinop.

Na manhã desta quarta-feira (18), um ouvinte da 93 FM, morador de Rondônia, entrou em contato com a emissora para obter informações a respeito de um caso noticiado no mês de novembro. Trata-se do caso envolvendo o Sr. Adilmo Barbosa da Silva, que cometeu suicídio em uma tarde de domingo, no dia 17 de novembro.

A equipe de Jornalismo da 93 FM conseguiu o contato de uma sobrinha de Adilmo, moradora do município de Andradina, interior de São Paulo. De acordo com a sobrinha, Jani Kelli Silveira, a família ficou sabendo da morte de Adilmo, apenas nesta terça-feira (17 de dezembro), quando completado um mês da fatalidade.

Família reconhece idoso que está no IML de Sinop há mais de 30 dias
Jani Kelli, sobrinha de Adilmo Barbosa. [Foto: Arquivo da Família]
O Instituto Médico Legal (IML) de Sinop entrou em contato com Sheila Silveira, sobrinha de Almo, que comunicou os demais integrantes da família. A irmã de Sheila, Jani Kelli, repassou à equipe de Jornalismo da 93 FM que deve chegar em Sinop nesta sexta-feira (20), para a liberação do corpo, que ainda aguarda no IML.

De acordo com Jani, o dia 17 foi de muita tristeza após a família receber a informação do ‘Tio Adilmo’, que cometeu suicídio. “Ontem pra gente foi um dia de muita tristeza, a família já procurava por ele há dias, mas não conseguimos notícias e apenas ontem ficamos sabendo pelo IML”, relatou a sobrinha, por telefone.

Família reconhece idoso que está no IML de Sinop há mais de 30 dias
Família de Adilmo. [Foto: Arquivo da família]
Já Nilson, cunhando de Jani, relatou por telefone que o ‘Tio Adilmo’ – como era chamado pela família – era tranquilo e que não haveriam motivos para ele ter se suicidado, mas que há aproximadamente 10 anos, ele sofreu uma descarga elétrica que o deixou com sequelas e, após tratamento, ele se recuperou muito bem.

Segundo informações da família, o tio era uma boa pessoa e que, apesar da ausência, sempre manteve contato com a família. Ele residia em Sapezal e nos últimos dias de vida, estava sem emprego, as vezes viajava para outras cidades. Com 60 anos, o tio era sozinho, pois seu filho havia falecido. Adilmo já teria trabalhado em uma empresa como segurança.

Família reconhece idoso que está no IML de Sinop há mais de 30 dias
Adilmo Barbosa da Silva, 60 anos de idade, cometeu suicídio em Sinop no dia 17 de novembro. [Foto: Arquivo da família]

Confira essa e outras informações no Jornal da 93 FM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies