Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Bandeira vermelha: Energia ficará mais cara em junho

A bandeira tarifária para este mês será vermelha, patamar 2. Isso gera um custo de R$6,24 para cada 100 kWh consumidos.

A energia estará mais cara, novamente, em junho. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que a bandeira tarifária para este mês será  vermelha – patamar 2. Isso gera um custo de R$6,24 para cada 100 kWh consumidos e, consequentemente, encarecimento da conta de energia.

Maio foi o primeiro mês da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN) e registrou condições hidrológicas desfavoráveis. Junho, segundo a Aneel, já começa com os reservatórios em níveis mais baixos que o normal para esse período, o que significa pouca geração hidrelétrica e maior demanda por termelétricas – que são mais caras.

Em maio, o Procon-MT publicou um alerta aos consumidores mato-grossenses sobre a antecipação das bandeiras vermelhas 1 e 2, considerando o atual cenário hídrico brasileiro. Segundo a Aneel, o balanço hidrológico do período úmido 2020-2021 resultou no pior aporte hidráulico da história do Sistema Interligado Nacional (SIN), medido desde 1931.

Ou seja, está chovendo pouco no Brasil, e essa condição pesa no bolso e na qualidade de vida do consumidor. Diante do atual cenário hidrológico, a bandeira vermelha poderá ser acionada até dezembro, avalia o engenheiro eletricista Teomar Magri, membro do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica de Mato Grosso (Concel-MT).

Frente a isso, o Procon Estadual tem reforçado as ações de monitoramento e fiscalização para que não haja abusos e descumprimento da legislação. Paralelamente, a instituição vem realizando uma avaliação detalhada do sistema que envolve o serviço de fornecimento de energia elétrica em Mato Grosso.

Os consumidores devem acompanhar o histórico de consumo, identificar os meses em que há aumento da demanda por energia elétrica e, assim, adequar sua rotina a hábitos de consumo mais econômicos. Ao acompanhar mensalmente a fatura, também fica mais fácil identificar qualquer irregularidade na cobrança.

Entenda aqui como é composta a fatura de energia elétrica.

Bandeira Tarifária

O sistema de bandeiras tarifárias da Aneel foi criado como forma de sinalizar o custo referente à energia gerada, permitindo que os consumidores façam um uso consciente de luz. Conforme determinado, as bandeiras nas cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se o custo da energia será maior ou menor em razão das condições de geração.

Bandeira vermelha: Energia ficará mais cara em junho
(FOTO: Procom-MT)

Com assessoria

Leia também- Águas De Sinop Realiza Campanha Com Descontos De Até 95% Para Devedores

Acompanhe essa e outras notícias no Jornal da 93FM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies