Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Por bilhete, adolescente conta a mãe que é estuprada desde os 4 anos

“Ele dizia que iria me matar se eu falasse disso”; “eu tinha muito medo”, relatou a menina que foi estuprada pelo filho do próprio padrasto, em Sorriso.

“Eu era estuprada desde que tinha 4 anos de idade e ele me ameaçava de morte”. Esse é um trecho de um bilhete de uma adolescente, de 12 anos, que tomou a coragem de contar para sua mãe o terror que vivia desde muito pequena após o suposto autor do crime ir embora de Sorriso.

Um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Polícia Civil, nesta terça-feira (1°), pela mãe da menor. Segundo ela, no bilhete escrito pela menor constava: “ele dizia que iria me matar se eu falasse disso”“eu tinha muito medo”“ele me puxava para dentro do quarto, me fazia tirar as roupas e disse que iria me matar se eu contasse”.

Conforme a adolescente, ela foi estuprada pela primeira vez quando tinha 4 anos de idade. Ela acusa o filho do padrasto, que na época tinha 11 anos, e que hoje tem 19.

A vítima contou para sua mãe que o crime ocorria constantemente quando ela e o filho do padrasto ficavam sozinhos em casa. A mãe da adolescente contou que o seu enteado tentou suicídio e, após ter alta do hospital, foi embora de Sorriso para a capital de Manaus, onde mora a mãe biológica dele.

A mãe da menor relata que está preocupada com a saúde psicológica dela, uma vez que a garota tem postado nas redes sociais “Amanhã posso não mais estar aqui”.

O caso está sendo investigado pela Polícia Judiciária Civil de Sorriso.

 

(Com Portal Sorriso)

Leia também- Mulher É Brutalmente Agredida Após Flagrar Marido Com 2 Mulheres

Acompanhe essa e outras notícias no Jornal da 93FM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat