Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Empresas podem trabalhar de portas fechadas, sem clientes dentro das lojas e entrega deve ser por delivery

0 146

Um segundo decreto com medidas adicionais e emergenciais que passam a valer a partir desta quarta-feira (25). As medidas previstas no Decreto poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do Município. Veja quais são as novas diretrizes:

O comércio em geral, sendo eles em todas as atividades varejista ou atacadista, incluindo-se bares, restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos de gêneros alimentícios, podem atender, mas com o sistema delivery, ou seja, entrega, ou então fica estipulada para a empresa que acrescente o serviço de vendas online, por telefones e afins, nas quais os consumidores poderão retirar no local ou agendar a retirada.

As lojas de roupas, por exemplo, podem atender com o condicional, sem abrir as portas, sem atender o consumidor no interior da loja para ver roupas, calçados e experimentá-los. Isso não pode! As vendedoras e vendedores podem montar o condicional e enviar para a cliente, ou até mesmo esse cliente pode buscar no local.

Quem oferece o serviço de drive-thru pode continuar atendendo normalmente, porém se o consumidor não adentrar ao estabelecimento. Em Sinop, por exemplo, algumas empresas de fast food oferecem o drive-thru e também o consumo no local, mas o decreto aponta que essa entrada no estabelecimento está proibida.

Também fica permitido o funcionamento das empresas de borracharia, oficinas de manutenção, postos de molas, recapadoras e reparos mecânicos de veículos automotores, limitando-se à 50%  da capacidade.

Está permitido o funcionamento de empresas do comércio varejista da construção civil, empresas de construção, tintas, materiais elétricos e afins, bem como produtos agropecuários, venda de insumos, medicamentos e produtos veterinários, desde que cumpram as determinações de higienização disposta nos decretos anteriores, bem como o previsto pela Organização Mundial de Saúde (OMS)

Em relação as padarias, não será permitida a permanência de pessoas nas lojas, inclusive na utilização de cadeiras e mesas do estabelecimento, fica limitada a quantidade de pessoas, sendo uma a cada dois metros quadrados da área comercial do estabelecimento, evitando aglomerações e filas internas e externas, adotando medidas se necessário, como a distribuição de senhas. Também está proibido o consumo dentro do estabelecimento.

Leia também: Sinop tem novas suspeitas de Coronavírus e agora chega a 29

Hotéis

Os processos internos devem ser realizados preferencialmente em sistema home Office, sendo que, na impossibilidade, deve ser respeitada a distância mínima de 2 metros entre os pontos de trabalhoO Setor Hoteleiro está autorizado a abrir, porém as informações como número de hóspedes, idade, nome, endereço de moradia e quanto tempo irá permanecer em Sinop,  e local de origem da viagem, devem ser enviadas diariamente à Secretaria Municipal de Saúde.  Além disso devem seguir as recomendações abaixo.

  • Disponibilizar na entrada no estabelecimento, e em outros lugares estratégicos de fácil acesso, álcool em gel ou outro produto indicado pela Organização Mundial de Saúde – OMS, para utilização de funcionários e clientes
  • Higienizar, quando do início das atividades e após cada uso, durante o período de funcionamento, as superfícies de toque (carrinhos, cestos, cadeiras, maçanetas, corrimão, mesas e bancadas), preferencialmente com álcool em gel ou outro produto indicado pela OMS
  • Manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar condicionados limpos (filtros e dutos) e, obrigatoriamente, manter pelo menos uma janela externa aberta ou qualquer outra abertura, contribuindo para a renovação de ar
  • Manter disponível kit completo de higiene de mãos nos sanitários de clientes e funcionários
  • Determinar, em caso haja, fila de espera, que seja mantida distância mínima de 2 metros entre as pessoas

 

Empresas privadas

Também foram decretadas algumas medidas para outros estabelecimentos do setor privado. As empresas que constam na lista abaixo podem funcionar apenas se houver alguma urgência, emergência e internações, sem atendimento ao público:

1- Clínicas odontológicas
2 – Clínicas veterinárias
3 – Pet shops, que prestam serviços veterinários elou revendam medicamentos veterinários ou produtos saneantes domissanitários

Já as empresas de Medicina do Trabalho e Saúde Ocupacional estão autorizadas a funcionar com atendimento ao público, preferencialmente, com método de agendamento, respeitado o distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas e as normas sanitárias e de saúde em vigor, em razão do COVID-19, evitar aglomerações e/ou filas internas e externas, adotando medidas se necessário, como distribuição de senhas.

Ainda para as empresas de Medicina do Trabalho e Saúde Ocupacional caso seja detectado usuário de seus serviços com quaisquer sintomas relativos à gripe, resfriados, tosse de qualquer natureza, entre outros, deverá ser fornecido a máscara e solicitado que a pessoa utilize ela.

 

Regra geral

1 – Todos os estabelecimentos que se mantiverem em funcionamento, nos termos disposto no caput deste artigo, deverão fornecer equipamento de segurança e álcool em gel a todos os funcionários.

2 – A autorização para retirada no local, não pode ser confundida com a possibilidade de atendimento presencial ao público, que permanecem suspensas. Ou seja, o cliente chega, pega o produto e vai embora.

Assista  a live feita pela prefeita Rosana Martinelli:

Prefeitura atualiza informações sobre Coronavírus

Com 29 suspeitas, prefeitura atualiza informações sobre situação de SinopINSCREVA-SE NO CANAL https://www.youtube.com/radio93fmoficial

Gepostet von 93fm am Mittwoch, 25. März 2020

 

 

 

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies