Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Diretor afirma que Impasa de Sinop inaugura em 15 dias e aponta nova unidade; saiba

0 116

A unidade da usina de etanol de milho da Impasa, em Sinop, será inaugurada dentro de 15 dias. A informação foi confirmada pelo diretor executivo Rafael Augusto Ranzolin, durante uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (4), em Cuiabá.

Ao todo serão produzidos 1,5 milhões de litros do combustível por dia. Rafael afirma que a tecnologia utilizada na unidade sinopense existe em 22 países. “São mil toneladas de proteína de origem vegetal e 100 mil litros de óleo vegetal, além da geração de energia. É um investimento consolidado e sólido, praticamente em operação, todas as licenças emitidas”, disse.

As obras iniciaram no mês de fevereiro de 2018 e o montante investido chega na casa dos R$ 700 milhões. O diretor assegura que todo o etanol que será produzido, além de abastecer o estado, também será exportado. “É um projeto a nível de mundo. Não é pra vender só aqui, mas no Brasil e no mundo”.

Atualmente existem 1,8 mil pessoas trabalhando na finalização das obras. Já a partir da inauguração, cerca de 250 empregos diretos e 3 mil empregos indiretos serão gerados.

O diretor executivo menciona que esse tipo de produto, além de trazer beneficíos para os consumidores finais, também é ecológico. “É um etanol extremamente sustentável, o momento dele é agora, com essa pegada ecológica. Isso vai fazer com que consolide plenamento o etanol de milho em Mato Grosso”.

Rafael confirmou que além da usina de Sinop, uma outra em Nova Mutum, também está em execução. Ela irá operar nos mesmos moldes da usina de Sinop. “Devemos startar em julho do ano que vem e em setembro estar operando”, pondera.

O anúncio da inauguração da unidade de Sinop e também em Nova Mutum, fez com que o governador Mauro Mendes (DEM) argumentasse que esses investimentos contrapõem as opiniões contrárias ao projeto de Reinstituição dos Benefícios Fiscais, que ele encaminhou ao Legislativo.

Mendes assegura que o ICMS sob o etanol em Mato Grosso, que atuamente é de 10,5% é um dos menores do Brasil. O chefe do Executivo também afirma que já existe um acordo com o setor. “A partir de janeiro de 2020, na líquota estadual 12,5%. Na interestadual 6%. A partir do momento em que o setr crescer 400 milhões de litros por ano, cai 0,5%, produziu mais 400 milhões, cai mais 0,5% estabilizando em 5%. Isso foi discutido e acordado com a secretaria de Fazenda e com o setor”, conclui.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies