Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

CÂNCER DE PRÓSTATA: É preciso vencer o preconceito e combater a doença

O movimento da Campanha do Novembro Azul mesmo sendo iniciada dias antes do mês alusivo, o maior desafio continua sendo o preconceito relacionado ao exame de toque.

Coma chegada do Mês de Novembro, chega também a campanha de conscientização Novembro Azul em Combate ao Câncer de Prostata. Conhecida internacionalmente como Movember, foi iniciada em 2003, na Austrália, por meio da iniciativa de um grupo de amigos que deixou o bigode crescer com o intuito de chamar a atenção para o câncer de próstata, além de outras doenças comuns em homens.

Durante todo o mês, diversas entidades ao redor do mundo realizam ações com o objetivo de conscientizar a população e garantir o diagnóstico precoce da doença. O movimento chegou ao Brasil em 2008, a partir da iniciativa do Instituto Lado a Lado pela Vida em conjunto com a SBU (Sociedade Brasileira de Urologia).
Entretanto, mesmo com o crescimento da campanha, o maior desafio continua sendo vencer o preconceito em relação ao exame de toque.

Câncer de Próstata em Números

Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), o câncer de próstata – um dos mais frequentes entre homens – é responsável por cerca de 60 mil novos casos por ano no Brasil.
E, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde), é um dos três tipos que mais atingem brasileiros.  Estima-se que 1 a cada 6 homens pode ter câncer de próstata. Mas, assim como o câncer de mama, que também possui sua própria campanha de conscientização (Outubro Rosa), o câncer de próstata tem chance de cura quando diagnosticado mais cedo. E as chances são grandes: cerca de 9 em cada 10 casos.

Quais são os sinais?

Em alguns casos, o paciente pode sentir dor e necessidade constante de urinar. Na fase avançada, o câncer pode provocar dor nos ossos, infecção generalizada e até mesmo insuficiência renal.
Mas é aí que está o problema: na maioria dos casos, esse tipo de câncer não apresenta sintomas inicialmente. Por isso a prevenção é tão importante!

Como prevenir?

Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e pobre em gorduras, especialmente de origem animal, pode ajudar a evitar o surgimento da doença. Atividades físicas, controle do peso corporal, diminuição do consumo de álcool e o abandono do hábito de fumar também são recomendados.
A melhor maneira de evitar que o câncer evolua é fazer o exame de toque retal e o exame de sangue PSA, garantindo assim o diagnóstico precoce.

Vencendo o preconceito

No caso do câncer de próstata, a idade é um fator de risco. Portanto, homens a partir de 45 anos devem realizar os exames anualmente. Porém, aqueles com histórico de casos na família devem procurar o urologista ainda antes.
Infelizmente, o preconceito ainda é o maior fator de dificuldade, que muitas vezes impede o diagnóstico a tempo. É importante não se esconder atrás dele.
Consulte um urologista, previna-se e ajude a combater essa doença!

 

Para ter mais informações acompanhe o Programa Viva com Saúde toda terça e quinta-feira no Portal 93, no rádio e nas redes sociais. Um programa focado em levar informações para melhoria da sua saúde. Patrocínio: Laboratório Bioclínico. A saúde ao seu alcance.

CÂNCER DE PRÓSTATA: É preciso vencer o preconceito e combater a doença 2

 

Leia Também –

Acompanhe outras notícias no Jornal Integração

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat