Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

TUDO O QUE PRECISA SABER SOBRE PULGA DE GATO

Uma das grandes ameaças à saúde do gato são as pulgas

0 156

Uma das grandes ameaças à saúde do gato são as pulgas. Muitas pessoas pensam que os gatos domésticos estão a salvo desta ameaça, mas isso não é verdade, uma vez que é muito fácil elas serem transportadas para casa nos sapatos ou noutros objetos vindos da rua. Por isso, o mais importante é estar atento a todos os sinais, sintomas e comportamentos diferentes do seu animal de estimação.

 

As pulgas de gato são parasitas que, como o nome indica, se alimentam do seu hospedeiro. Isso significa que as pulgas habitam o corpo do gato, para se alimentarem do seu sangue fresco, reproduzindo-se e criando infeções ou irritações na sua pele. Além disso, desenvolvem-se também nas carpetes e tapetes, o que faz com que uma praga doméstica de pulgas de gato sejam um incômodo muito grande. Apesar de não afetarem normalmente os seres humanos, a velocidade com que proliferam e a sua resistência tornam-na numa praga muito incômoda.

 

Nem sempre é fácil dizer se o seu animal está com pulga de gato, uma vez que não existem propriamente sintomas. Contudo, ao manter uma vigilância atenta ao seu gato, irá perceber mudanças no seu comportamento ou no seu estado de espírito, que facilmente relacionará com uma infeção de pulgas. É óbvio que a coceira é o sintoma mais presente, principalmente junto da cauda ou na cabeça, mas o animal também pode apresentar dificuldades em movimentar-se ou falta de energia. Isso é um sintoma de que pode estar em sofrimento.

 

A prevenção é assim a melhor ferramenta para fazer face a esta ameaça. E, muitas vezes, algumas das medidas a tomar são tão banais e quase uma questão de bom-senso, que acabamos por as desprezar de certa forma. Assim, a limpeza é uma boa forma de começar e o primeiro passo para eliminar qualquer foco de pulgas de gato. Compre uma escova com o pente fino, porque isto permite perceber se o gato está infetado. Se encontrar uma espécie de sujeira preta no meio do pelo escovado, então é altura de iniciar imediatamente o tratamento.

 

Normalmente, os gatos não gostam de água e preferem fazer a higiene pessoal eles próprios, com a sua língua áspera. No entanto, um banho de vez em quando não é uma má ideia, uma vez que existe determinada sujeira que o gato não consegue limpar sozinho. Especialmente uma infestação de pulgas u de qualquer outro tipo de parasitas. Procure no seu veterinário por um xampu anti-pulgas, já que é um controle bastante eficaz na contenção e prevenção dessas pragas. E não se esqueça de higienizar também os seus brinquedos, a sua cama, o arranhado e a caixa de areia.

 

Peça conselhos ao seu veterinário, já que ele será a pessoa mais indicada para identificar os melhores produtos anti-pulgas. É muito importante utilizar produtos certificados e eficazes, uma vez que estamos a falar de medicamentos que podem ser tóxicos e causar sintomas secundários desagradáveis, tanto para o seu animal como para si próprio. Além disso, estes produtos não são normalmente muito baratos, o que significa que não vai querer comprar um pouco eficiente.

 

Um gato saudável e livre de pulgas é um gato feliz e só o conseguirá com a sua ajuda. Por isso, o seu contributo é fundamental para o seu bem-estar e para garantir a sua qualidade de vida. Ele agradecerá e, por consequência, você também sairá a ganhar dessa parceria. Quem é o dono que gosta de ver o seu animal doente ou a sofrer? Por isso, adote uma postura sensata, responsável e inteligente. Mantenha-se atento e actua com prontidão.

 

Em caso de dúvida, recorra imediatamente a ajuda especializada. O seu veterinário é a pessoa indicada para responder às suas dúvidas e prestar todos os esclarecimentos necessários. Além disso, saberá como agir também em caso de infeção. Apesar de ser uma situação chata, é possível combater as pulgas de gato com produtos próprios e a limpeza a fundo da sua casa ou do local onde o animal costuma viver. Lembre-se que a prevenção é a melhor arma para qualquer problema, incluindo os do seu animal de estimação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies