Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Sucuri é resgatada durante incêndio em Pantanal

Para se proteger do calor, a sucuri se alojou em uma poça de lama. Ela foi encontrada em visível estado de estresse.

Uma sucuri foi socorrida por um biólogo em uma poça de lama durante um incêndio no Parque Estadual Encontro das Águas, que fica na região do Pantanal, em Mato Grosso. Depois de ter sido resgatada, no dia 5 deste mês, a cobra foi medicada e levada para outro local com água e alimentação acessível.

De acordo com o biólogo Gustavo de Carvalho Figueirôa, ele, a equipe do SOS Pantanal e o Corpo de Bombeiros estavam próximos à Transpantaneira combatendo um incêndio entre os dias 3 e 4 deste mês.

Na sexta-feira (3), houve uma chuva rápida na região com trovoadas e que pode ter sido a causa do foco de incêndio próximo a poça de lama onde estava a sucuri. O biólogo acredita que o incêndio começou devido a um raio que deve ter caído na região.

No sábado (4) a equipe chegou na área para apagar as chamas que já estavam a aproximadamente 50 metros do lago da sucuri e toda a vegetação estava seca.

Gustavo contou que nesse lago viu uma surucucu e outra sucuri entrando no lago, mas que não aparentavam estar com queimaduras.

“Eu pensei que se ela estava entrando no lago então ainda tinha água e ela iria se refrescar”, contou.

A surucucu já estava morta. O biólogo tentou reanimá-la, mas não conseguiu. Pouco tempo depois, a sucuri começou a rodar na lama abrindo a boca com a cabeça para fora do lago e Gustavo entrou na poça para tentar salvá-la.

“Eu vi a sucuri rodando na lama, com a cabeça para fora e abrindo a boca, o que é um sinal claro de estresse físico muito grande. Ela estava entrando em colapso e eu vi que ela estava mal porque o lugar estava muito próximo do fogo. Eu larguei a outra cobra, pulei dentro da poça e fui carregando a sucuri até um rio que estava a 200, 300 metros dali”, contou.

Gustavo disse que o Corpo de Bombeiros e a equipe do SOS Pantanal também o ajudaram já que o animal é muito forte.

“Eu consegui ir até o rio, entrei na água com ela, dei um banho nela, esperei ela se acalmar um pouco e soltei. Quando eu sai do rio, eu vi que ela estava com a cabeça para fora da água respirando bem, sem se contorcer e vi que ela estava melhorando”, disse.

Após o ocorrido, uma equipe do Grupo de Resgate de Animais em Desastre (GRAD) capturou a sucuri para aplicar uma medicação para o estresse e soltou ela no rio novamente.

“Foi um caso de sucesso, a gente conseguiu resgatar ela. Foi um alívio, sentimento de que qualquer vida vale a pena e para aquela sucuri fez toda a diferença”, contou.

Sucuri é resgatada durante incêndio em Pantanal 3
Foto: Rogério Florentino
Sucuri é resgatada durante incêndio em Pantanal 4
Foto: Rogério Florentino

(Com G1 MT)

Leia Também –

Acompanhe outras notícias no Jornal Integração 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat