Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Senadora aponta que acordo deve ser feito até que nova empresa assuma concessão da BR-163; saiba

0 29

Um estudo para que uma nova empresa assuma a concessão da BR-163 e termine a duplicação da rodovia é avaliado pelo Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. A informação foi repassada pela senadora Selma Arruda (PSL), durante o lançamento do diretório partidário em Sinop.

“Estive com ele há poucos dias e o que ele nos diz é que é possível fazer um acordo com a Odebrecht, pra ela permanecer fazendo apenas a manutenção da rodovia enquanto o processo pra contratação da nova empresa tramita e depois ela sai e a nova empresa entra com esse compromisso da duplicação”.

Selma menciona que precisa de todo o apoio da bancada e até aponta que a imprensa tem um papel fundamental nesse pleito. “Estamos aguardando o trâmite dessa composição e precisamos desse apoio pra levar a público essa situação, situação do norte de Mato Grosso, que se agrava cada vez mais”, complementa.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o Exército, continuam os trabalhos de pavimentação da BR-163, no Pará. Até o mês passado, 10 km já haviam sido asfaltados. Conforme o Ministério da Infraestrutura, a previsão é que ainda em 2019 sejam concluídos os cerca de 50 km que ainda restam.

Vale lembrar que em Março, a rodovia ficou bloqueada por aproximadamente cinco dias, após atoleiros se formarem devido às chuvas da época. O ministro, inclusive, esteve no local e garantiu a finalização das obras de asfalto. O tráfego de caminhões na BR-163 entre Nova Santa Helena e Guarantã do Norte também havia sido bloqueado para que não ocorresse o acúmulo de veículos na região do Pará.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies