Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Saiba como ficam as comemorações de Festa Junina com a pandemia

Em Sinop não há nenhuma programação específica para festas juninas.

0 47

As comemorações de Festas Juninas, que deveriam acontecer neste período do ano, foram suspensas devido a quarentena do novo coronavírus. Na maioria dos estados, as medidas de isolamento social impedem a grande circulação e aglomeração de pessoas, para diminuir o contágio do vírus.

Diante desse fator, muitas cidades acabam sendo prejudicadas, principalmente a região do nordeste do país, onde as festas juninas são tradicionais e geram grande fluxo de dinheiro na economia. Em Campina Grande, por exemplo, são 30 dias de festejo que chegam a movimentar cerca de R$ 300 milhões.

Campina Grande um município brasileiro, no interior do Estado da Paraíba, com mais de 600 mil habitantes em sua região metropolitana, de acordo com dados do IBGE, em 2019. O município se destaca por suas festividades no mês de junho, sendo reconhecido por ter o Maior São João do Mundo.

Programação

Em muitas cidades já há uma programação diferenciada, em relação as comemorações de São João. No município de Campina Grande, já há um calendário especial para que as festas sejam transmitidas através de Live, seguindo todas as recomendações sanitárias. Isso não faz com que as festividades presenciais sejam canceladas, mas sim adiadas.

Recentemente, a prefeitura de Campina Grande anunciou o adiamento do São João para o mês de outubro de 2020. Apesar do adiamento, as comemorações presenciais somente acontecerão, caso haja uma flexibilização maior da quarentena. As transmissões online do mês de junho estão programadas para que a data não passe em branco.

Até o momento, não há nenhuma previsão ou anúncio de artistas, bem como a divulgação da programação oficial, mas fala-se em seis edições da festa de São João.

Quadrilhas

De acordo com contos, a dança da quadrilha surgiu na Inglaterra, no século XIII, tendo sua cultura incorporada pelos costumes franceses, com dança de salão no século XVIII. A quadrilha se tornou tradição entre a classe nobre e com a disseminação por toda a Europa, a novidade chegou até Portugal.

Através da Coroa Portuguesa, o Brasil passou a conhecer a dança, celebrada entre os intelectuais e nobres da época. Em um curto período de tempo, a quadrilha se popularizou entre o povo e passou a ser festejada nas regiões interioranas do Brasil, em forma de gratidão à colheita e homenagem aos santos populares.

A quadrilha também é conhecida como uma dança caipira e, nos dias atuais, é integrado à diferentes estilos musicais e culturais. É comum, encontrar diversos temas em quadrilhas apresentadas no decorrer dos anos no Brasil. Também existem algumas competições de quadrilhas, que acontecem durante alguns períodos do ano.

Sinop

Em Sinop não há nenhuma programação específica para festas juninas, devido aos decretos municipais e estaduais referente à pandemia do novo coronavírus. As festas tradicionais nas escolas, até o momento, não irão acontecer presencialmente. De acordo com o secretário de Cultura de Sinop, Daniel Coutinho, o município é solidário e espera dias melhores.

“As festas tradicionais, festas juninas e julinas de escolas municipais, estaduais e privadas, assim como entidades, a sociedade em si se reúne para comemorar essa ação cultural, que estão suspensas no momento. Então, nós somos solidários e estamos na expectativa de dias melhores, para que a gente consiga ter várias frentes culturais e renascer novamente, a cultura no município de Sinop”, disse o secretário à 93 FM.

No mês de maio, também há uma comemoração tradicional em Sinop, referente à colheita do milho nos arredores da cidade. Trata-se de uma tradicional festa gastronômica, desenvolvida por uma universidade do município. Essa festa também já foi cancelada pela organização, por conta da covid-19.

Sorriso

Na cidade de Sorriso, existem algumas organizações de quadrilhas, que já se apresentaram em diversos lugares do Estado e até do país. A quadrilha mais jovem de Sorriso, a Junina Jóias do Cerrado, que tem dois anos de fundação. Essa organização, tem como característica quadrilha estilizada.

Saiba como ficam as comemorações de Festa Junina com a pandemia
Integrante da quadrilha Junina Jóias do Cerrado. (Foto: Arquivo pessoal)

A Junina Joias do Cerrado, em seu curto período de funcionamento, conseguiu conquistar um espaço muito desejado dentro do Estado, participando de várias competições durante todo o ano. A equipe de jornalismo da 93 FM entrou em contato com o presidente da quadrilha, Jhony Walker, que deu detalhes sobre a organização.

“Em um ano a gente conseguiu um espaço muito grande, não só dentro do Estado, mas a nível nacional, estando entre as 10 melhores quadrilhas do Estado e no caminho do nível nacional. Devido a pandemia foi cancelado tudo, sem ensaios e sem apresentações”, destacou Jhony.

Saiba como ficam as comemorações de Festa Junina com a pandemia
A quadrilha Junina Jóias do Serrado deve participar de um evento online a nível nacional em 2020. (Foto: Divulgação)

Para 2020, há uma expectativa para a participação em um evento nacional, onde as quadrilhas serão apresentadas e avaliadas de forma online. De acordo com Walker, serão filmadas as apresentações destaque da quadrilha, como casais e rainha, para envio à Aracaju, local sede do concurso.

“Surgiu um convite a nível nacional, com os destaques. Só que a gente ta trabalhando nos ensaios a cada dia, em horários diferentes, para que não tenha aglomeração”, disse o presidente.

Saiba como ficam as comemorações de Festa Junina com a pandemia
Integrante da quadrilha Junina Jóias do Cerrado. (Foto: Arquivo pessoal)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies