Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Problemas de Visão: Quando é a Hora de Levar a Criança ao Oftalmologista

saiba Mais Sobre os Problemas de Visão Que Podem Afetar as Crianças

0 9

Os problemas de visão infantil é um assunto que merece muita atenção. Mas nem sempre é uma tarefa assim tão simples detectar que a criança não está enxergando bem ou que possui algum problema mais grave na região dos olhos.

Ao nascer, os bebês não possuem a visão totalmente desenvolvida, por este motivo, nos primeiros meses de vida eles enxergam com um aspecto turvo e embaçado.

Já com três meses de vida, os bebês começam a focar melhor a visão, deixando de ficar vesgos, podendo até seguir movimentos com os olhos.

Mas somente por volta dos seis aos oito meses que os bebês terão a capacidade de enxergar com nitidez.

problemas de visão

Após esse período, é importante estar atento aos sinais de que há algum problema na visão dos pequenos, e perceber qual o momento de leva-los ao oftalmologista.

Mas como mencionado acima, perceber que a criança é enxergando mal pode não ser uma tarefa assim tão simples.

Pois afinal de contas, qual é o momento certo de levar os pequenos ao oftalmologista?

Problemas de visão infantil

Pois bem, existem alguns sinais que os pais devem observar que indicam que algo não vai bem com a visão das crianças, que auxiliam no diagnóstico.

Alguns dos sinais mais comuns de problemas de visão nas crianças são:

  • Sentar-se muito perto da televisão;
  • Segurar livros perto dos olhos;
  • Inclinar a cabeça para enxergar;
  • Coçar frequentemente os olhos;
  • Sensibilidade à luz;
  • Lacrimação excessiva;
  • Dores de cabeça constante;
  • Não conseguir ler sem usar o dedo como guia;
  • Visão cansada;
  • Queda no desempenho escolar.

Estes são alguns dos sinais que indicam que algo na vai bem e que precisa ser investigado.

Então caso você perceba alguns desses sinais no seu filho, pergunte-o se ele está enxergando bem e agende uma consulta com um oftalmologista.

Doenças oculares

Um dos problemas mais graves que acometem a visão das crianças é o retinoblastoma.

O retinoblastoma basicamente é um câncer ocular raro que se detectado precocemente possui grandes chances de cura.

O retinoblastoma é uma das doenças mais sérias que pode afetar a visão das crianças, e merece atenção especial.

Uma das formas de detectar o retinoblastoma é através de fotos.

Isso porque o flash da câmera é capaz de iluminar o fluxo sanguíneo presente na área dos olhos e assim indicar se há algum problema na visão das crianças.

Clique aqui e aprenda a detectar problemas de visão com a câmera do seu celular.

O reflexo vermelho, na maior parte das vezes, indica que a retina da criança está saudável. Já os reflexos fora do padrão ocorrem quando a retina, ao ser iluminada pelo flash da câmera, reflete nas cores branca, amarela ou preta.

Quando o reflexo vermelho aparecer menos intenso ou só aparece em um dos olhos, pode ser sinal de estrabismo.

O estrabismo é um desalinhamento da visão, quando os dois olhos não conseguem focar o mesmo ponto. O tratamento do estrabismo pode envolver o uso de óculos e cirurgia de correção.

O reflexo branco por sua vez, pode indicar doenças como: Infecção ocular, descolamento da retina, catarata e retinoblastoma.

Já o reflexo amarelo pode ser sinal de doença de Coats.

A doença de Coats é uma condição que afeta o desenvolvimento dos vasos sanguíneos presentes na região dos olhos. Quando não tratada, a doença de Coats pode levar ao descolamento da retina.

Como mencionado anteriormente, é fundamental que os pais estejam atentos aos sinais de que algo não vai bem com a visão da criança e leva-la ao oftalmologista.

Os problemas de visão podem levar sérias complicações de saúde e prejudicar a qualidade de vida e o desempenho escolar da criança.

Somente o oftalmologista será capaz de diagnosticar a presença de alguma anomalia na visão da criança e assim indicar o tratamento necessário.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies