Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Prefeitura decreta limite de gastos com diária, hora extra, energia, café e outros

O objetivo é manter o equilíbrio das contas públicas para o exercício financeiro de 2020.

A Prefeitura de Sinop, decretou limite de gastos e também movimentação financeira no âmbito dos Órgãos do Poder Executivo Municipal, com o objetivo  de manter o equilíbrio das contas públicas para o exercício financeiro de 2020.

Com isso, está autorizada a restrição de despesas com diárias, combustível, despesas de custeio, obras e instalações, desde que ainda não iniciadas, exceto às realizadas através de recursos vinculados, equipamentos e material permanente, horas extras, limitadas ao cumprimento das necessidades urgentes e/ou consideradas essenciais.

Os Secretários Municipais são responsáveis pela implementação das ações necessárias ao cumprimento deste Decreto e dentre as medidas nele contidas, deverão observar ainda, o uso racional dos equipamentos eletroeletrônicos, contenção de material de consumo como café, açúcar, gás, copos descartáveis, dentre outros, otimização de materiais de expediente, a fim de evitar desperdício, redução nas despesas de manutenção como o consumo de água, energia elétrica e telefone.

As unidades orçamentárias e administrativas de cada órgão competente adotarão as medidas e procedimentos, inclusive com relação aos contratos e às licitações, necessários a redução das despesas. As demandas excepcionais serão deliberadas junto à Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento.

Os procedimentos realizados em desacordo com o disposto neste Decreto serão de responsabilidade dos secretários municipais. O decreto entrou em vigor na data de sua publicação, revogando as disposições contrárias.

A limitação de empenhos e de movimentação financeira de que tratam o decreto ficam limitados ao valor da arrecadação, preservando da limitação de empenho e movimentação financeira as despesas relativas a pessoal e encargos sociais, conservação do patrimônio público, conforme disposto no art. 45 da Lei Complementar nº 101/2000, limitado às questões estruturais e a inviabilidade de uso, despesas que constituem obrigações constitucionais e legais do Município e as despesas destinadas ao pagamento de serviço da dívida. (Da assessoria)

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat