Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Prefeito de Sinop quer discutir reequilíbrio na tarifa da água

A falta de um plano atualizado no município, impedia as tratativas do Executivo com a empresa para o realinhamento do preço. Acompanhe!!!!

Com a aprovação do novo Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) de Sinop, ocorrida nesta segunda-feira (27), em votação na Câmara Municipal de Vereadores, o prefeito de Sinop Roberto Dorner (Republicanos) poderá buscar pelo reequilíbrio do preço da água e esgoto. A falta de um plano atualizado no município impedia as tratativas do Executivo com a empresa para o realinhamento do preço.

“Fiz esse compromisso com a sociedade em rever esse contrato e baixar o preço da água. Agora vamos sancionar [a lei] e chamar essa empresa imediatamente para revermos esse preço absurdo. A população vai pagar água sim, mas tem que ser no preço justo”, pontuou o prefeito de Sinop.

O chefe do Executivo de Sinop,  também destacou o apoio dos vereadores na aprovação do projeto e ressaltou que as discussões dos valores da tarifa serão feitas junto com a sociedade civil organizada.

“Vou convidar um representante da Câmara e de cada entidade para que possamos tomar as decisões juntos”, acrescentou.

O Projeto de Lei n° 026/2022, de autoria do Pode Executivo, institui o Plano Municipal de Saneamento Básico do município, que compreende os serviços de água potável, esgotamento sanitário, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, drenagem e manejo das águas pluviais urbanas, unificando os serviços conforme estabelece o novo marco do saneamento básico. O projeto foi aprovado pelos vereadores em segunda última votação e agora será sancionado pelo prefeito de Sinop.

A secretária municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ivete Mallmann Franke, ressaltou que a construção do PMSB foi um processo longo e com estudos minuciosos, para atingir um resultado que atenda às necessidades do município.

“É determinação do nosso prefeito Roberto Dorner rever todos os planos do município e o de saneamento é um deles. Com esse plano vigente, podemos proceder com algumas ações imediatas ou contínuas e outras que demandam orçamento e alinhamentos com os governos Federal e Estadual”, destacou a gestora da pasta, agradecendo o apoio unânime dos vereadores para aprovação.

Mallmann também ressaltou que ausência de um plano atualizado ( último foi construído em 2013 e deveria ter sido revisado em 2018), dificultava o trabalho do Executivo nas tratativas para redução da tarifa de água e esgoto junto à concessionária.

(Com Assessoria)

Leia também –

Acompanhe outras notícias no Jornal Integração 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies