Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Pela 1ª vez, eleição dos conselheiros tutelares de Sinop será realizada com urnas eletrônicas

No dia 6 de outubro de 2019, das 8h às 17h, acontecerá a eleição para Conselheiros Tutelares do Estado de Mato Grosso, na qual serão disponibilizadas pela primeira vez urnas eletrônicas para Sinop. Além da cidade, outros 16 municípios contarão com o apoio da tecnologia no estado, entre eles Cuiabá e municípios da região e Rondonópolis.


Para Sinop, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT) cederá 30 unidades. O pleito será unificado, com todas as cidades do país realizando a votação no mesmo dia – de modo semelhante às eleições oficiais – e centralizado. Em Sinop, cerca de 92 mil eleitores aptos para votar devem se dirigir à Unemat – localizada na Avenida dos Ingás, 3001, no Jardim Imperial –  com o título de eleitor e documento com foto.


A organização e coordenação da eleição é de responsabilidade do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, órgão sob comando da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação – SASTH, sendo que – segundo informações da Justiça Eleitoral – o encargo do TRE/MT abrange exclusivamente a disponibilização de treinamento para mesários, apoio técnico e preparação de urnas eletrônicas de acordo com os dados fornecidos pelo Conselho Tutelar.


“As urnas eletrônicas têm grande valor, porque servem para conferir lisura e transparência a todos os processos eleitorais e não poderia ser diferente com uma eleição tão importante como essa”, aponta Ademir Debortoli, secretário da SASTH. A equipe do CMDCA irá retirar as urnas na Casa da Democracia, em Cuiabá, dias antes das eleições e devem devolvê-las no dia 08 de outubro.


O TRE/MT alerta ainda que apenas eleitores em situação regular (sem débitos com a Justiça Eleitoral) poderão votar, desde que tenham sido cadastrados até 15 de julho de 2019. Os eleitores cadastrados após esta data não constarão nos cadernos de votação. Para habilitar o eleitor a votar, basta o mesário informar o número do título de eleitor no Terminal do Mesário. Não será necessária a identificação biométrica, mesmo o cidadão tendo cadastro biométrico na Justiça Eleitoral.


Na capital do nortão, 40 candidatos estão concorrendo às cinco vagas de Conselheiro Tutelar em cada colegiado, além de 30 suplentes. Os cinco conselheiros mais votados serão empossados no dia 10 de janeiro de 2020, para atuarem no Conselho Tutelar da Região I. Os cinco seguintes serão empossados no dia 6 de abril de 2020, para atuarem no Conselho Tutelar da Região II. O mandato dos conselheiros é válido para o quadriênio 2020/2024. (Com assessoria)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies