Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Polícia Apreende Material Com 30 Músicas Inéditas de Renato Russo

Investigação Teve Início Após Uma Denúncia Feita Por Giuliani Manfredini, Filho de Renato Russo

A Operação Será, deflagrada no dia 26 de outubro pela Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Propriedade Imaterial, encontrou ao menos 30 músicas inéditas de Renato Russo.

Renato Russo morreu em 1996, sendo um dos grandes ícones da música brasileira, além de possuir um grande legado na história do rock nacional.

A Operação Será cumpriu mandatos de busca e apreensão e dois estúdios de gravação e também na casa de um produtor musical, ambos localizados no Rio de Janeiro.

No material apreendido, a polícia encontrou versões inéditas de grandes sucessos da banda Legião Urbana.

Músicas inéditas de Renato Russo

Renato Russo

A investigação teve seu início há cerca de um ano, através de uma denúncia feita por Giuliani Manfredini, filho de Renato Russo, que possui a posse dos direitos autorais de Renato Russo.

Giuliani Manfredini procurou a delegacia especializada para fazer a denúncia de um perfil fake nas redes sociais, que dizia possuir músicas inéditas do cantor Renato Russo.

Assim, a Polícia Civil descobriu quem era o responsável pelo perfil fake, e soube que ele havia feito contato com um produtor musical.

Diante dos fatos, o delegado Maurício Demétrio deflagrou a operação para o cumprimento dos mandatos de busca e apreensão emitidos pela polícia.

Além das canções inéditas, foram encontrados também HDs e cartuchos de gravação.

Veja o trecha da declaração dada pelo delegado, retiado do site IG:

“Há indícios de que a denúncia feita pelo filho de Renato Russo estava correta e que há mesmo versões de músicas inéditas. Vamos agora analisar este material. Foi importante diligência realizada hoje. Foi possível arrecadar elementos de provas cruciais para a continuidade da investigação e esclarecimento total dos fatos”.

Giuliani Manfredini já prestou seu depoimento nas investigações, não havendo previsão para a prestação de um novo depoimento.

O produtor musical envolvido no caso, teria prestado seu depoimento no dia 26 de outubro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies