Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Quais são os melhores pisos para apartamento?

Mudar de residência costuma ser uma tarefa bastante complexa. Organiza caixas, escolhe móveis, compra eletrodomésticos, conhece os vizinhos, organiza mais caixas, e, na hora de abrir a porta, sempre surge uma dúvida: qual é o melhor piso para apartamento?

Opções não faltam: piso laminado, taco, carpete, cimento queimado, piso vinílico, madeira, cerâmica, porcelanato, granito, mármore… Como avaliar tantas variantes? Preço, conforto, praticidade, durabilidade, resistência, beleza, tipo de ambiente. Como dissemos, mudar de residência é complexo. 

Quais são as características dos pisos?

Vamos te ajudar nessa tarefa de avaliação mostrando quais são os pisos mais recomendados para apartamentos e as características e benefícios de cada um.

Piso laminado

O piso laminado é um dos mais práticos do mercado. Fácil de limpar, já que não acumula muita sujeira, também é resistente a arranhões e a abrasões. É mais barato que madeira, a qual “imita”, tendo um custo-benefício excelente. A instalação também é bastante fácil. Existe em uma variedade de cores e tons, e o formato é em régua. Ganha destaque pela beleza e conforto. Pode ajudar como um isolante térmico. 

Piso vinílico

É parecido com o piso laminado, mas com material diferente. Enquanto o laminado é feito com HDF (High Density Fiberboard), um material derivado da madeira, o vinílico é feito com PVC, o cloreto de vinila. O formato pode ser em régua, placas e mantas. Não faz barulho ao ser tocado por sapatos, por exemplo.

Cimento queimado

É de fácil instalação e preço barato. A composição é de areia, água e cimento. Apesar de ser um dos mais modernos atualmente, deixa um ar mais rústico ao ambiente, com seu tom de cinza, com estilo industrial.

Porcelanato

É ótimo para banheiros e cozinhas, por exemplo, por ser resistente a líquidos, mas se encaixa bem em qualquer ambiente, dando elegância. Tem ótima qualidade e a manutenção é simples. Existem várias formas e cores.

Carpete

Costuma ser mais instalado em quartos, por conta do aconchego que oferece. A limpeza é mais complexa e exige cuidados, podendo acumular bastante pó, e, em caso de uso excessivo de água, mofar. Por isso, antes de comprar, é importante verificar se ele pode causar algum tipo de alergia a você. Serve como isolante acústico.

Taco

Bastante tradicional e charmoso, proporciona um clima retrô, e pode ter várias tonalidades, formas e texturas. A instalação é bem simples. Em alguns casos, precisa de produtos específicos para um melhor cuidado e maior durabilidade.

Cerâmica

Se destaca pela durabilidade e qualidade. A limpeza e manutenção são simples, e ele pode servir também como um isolante térmico e acústico. Também costuma ser procurado para uso em ambientes externos.

Granito

Também tem grande durabilidade e resistência, e é extremamente popular. Pode ser usado em diferentes tons, se destacando pela beleza. É possível fazer a limpeza com água e produtos menos específicos. O preço, no entanto, costuma ser maior. 

Madeira

Tem alta resistência. Por ser um piso do tipo quente, é bastante utilizado em quartos, por exemplo. Se adapta a vários estilos de decoração.

Mármore

Não é muito resistente, podendo ser danificado por arranhões, por exemplo. Possui grande sofisticação, e exige cuidado. É um material frio e costuma ser instalado em ambientes com movimentação menor. O preço é, geralmente, mais alto.

O que avaliar na hora de escolher um piso

Vários fatores podem ser levados em consideração na hora de escolher o piso do seu apartamento, como beleza, por exemplo, mas alguns precisam de mais atenção.

Tipo de ambiente

O piso instalado precisa conversar com o ambiente em que está sendo colocado, e, além disso, ser útil para ele – e isso não se refere apenas ao fator estético. Não faria sentido, por exemplo, colocar carpete, que pode mofar com excesso de água, em um banheiro. Avalie sempre se o piso é frio ou quente e se é melhor para ambientes úmidos ou com menos movimentação.

Custo-benefício

Cada piso tem um preço e exigências diferentes. Vale a pena gastar menos e precisar gastar depois com manutenção? É melhor gastar mais em um piso que não exige tanta diligência na hora da limpeza? A durabilidade compensa o valor investido? Essas são algumas perguntas que você precisa se fazer na hora da escolha.

Tipo de limpeza

Os pisos precisam de atenção e cuidado, não adianta apenas instalá-los. Por isso, antes de escolher, avalie o tempo que você poderá dedicar a ele. É necessário fazer a limpeza e higiene corretamente, além da preocupação em não usar produtos que prejudiquem o piso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat