Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Mauro Mendes faz empréstimo de R$ 250 milhões para pagar outro empréstimo

0 69

O governador Mauro Mendes assinou nesta sexta-feira (06.09) o contrato para o empréstimo de US$ 250 milhões junto ao Banco Mundial. O empréstimo permitirá que o Estado salde a dívida com o Bank of America, ajudando no reequilíbrio fiscal de Mato Grosso.

“Esse contrato será muito importante para o caixa de Mato Grosso. Vamos alongar a dívida e pagar em suaves prestações, o que vai ajudar para o reequilíbrio das contas e melhorar a prestação de serviços ao cidadão”, afirmou Mendes.

O prazo de pagamento do novo empréstimo será de 20 anos, com juros de 3,5% ao ano. A operação de crédito tem dois objetivos principais: devolver a sustentabilidade fiscal ao Estado e aumentar a capacidade institucional para a agricultura sustentável, conservação florestal e diminuição dos problemas causados pelas mudanças climáticas.

Para a presidente do Banco Mundial no Brasil, Paloma Anos Casero, o compromisso do Governo em cumprir as obrigações estabelecidas pela instituição foi fundamental para a aprovação do empréstimo. Ela citou que o empréstimo servirá de modelo para todo o país.

“O Governo de Mato Grosso tomou decisões imprescindíveis, nesses oito meses, que sem as quais, não seria possível que o Banco Mundial liberasse o empréstimo. O compromisso político em fazer as reformas estruturadas para o reequilíbrio fiscal e voltadas ao meio ambiente foi essencial para o Banco Mundial e serão essenciais para o desenvolvimento sustentável do Estado”, disse a presidente.

Mauro Mendes fez questão de destacar que as medidas aprovadas em janeiro deste ano pela Assembleia Legislativa foram fundamentais para que o processo culminasse com a assinatura do contrato. Ele agradeceu aos deputados estaduais pelo esforço na aprovação dos projetos no início do ano e também a todos os envolvidos no processo até a liberação do empréstimo.

“Quero agradecer também ao Governo Federal, à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, aos técnicos da Secretaria do Tesouro Nacional, ao ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, aos nossos senadores e toda a bancada federal de Mato Grosso, aos técnicos da Secretaria de Estado de Fazenda e ao secretário Rogério Gallo. Todos fizeram um grande esforço e quero reconhecer isso publicamente”, declarou o governador. (Com assessoria)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies