Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Mato Grosso: Taxa de ocupação de UTIs cai para 84,2%

No dia 28 de março, a taxa de ocupação de UTIs era de 96,6%. Já nesta quarta-feira (28-04), o boletim epidemiológico aponta uma queda de 36,2% nas internações, além da fila de espera por leitos estar zerada.

Nos últimos 30 dias, Mato Grosso registra queda no número de pacientes que necessitam de internação hospitalar para tratamento da Covid-19. No dia 28 de março, 2.427 pessoas estavam internadas por conta da doença, já o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) desta quarta-feira (28.04) aponta 1.547 hospitalizados. Uma redução de 36,2% das internações em leitos clínicos e em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Os dados são acompanhados pelos técnicos do Governo e demonstram tendência de queda, desde março, no número de hospitalizados em todo o Estado.

A queda nas internações reflete nos dados da taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) pactuadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). No dia 28 de março, a taxa de ocupação de UTIs era de 96,6%, com 490 pessoas internadas em leitos pactuados e apenas 17 disponíveis.

Já nesta quarta-feira, o boletim epidemiológico aponta que 87 leitos de UTI estão disponíveis e a taxa de ocupação é de 84,2%, com 464 internados em leitos públicos.

A fila de espera por um leito de UTI está zerada desde a última quinta-feira (22.04).

Outro dado estatístico é relacionado à taxa de ocupação para leitos de enfermaria pactuados pelo SUS. Em março, a taxa estava em 64%, e hoje registrou 44%, com 359 pessoas internadas em leitos pactuados. São 470 leitos clínicos disponíveis pelo SUS.

O epidemiologista e secretário adjunto de Vigilância à Saúde, Juliano Melo, reforça, no entanto, que o cenário de ocupação hospitalar ainda é crítico e que as medidas preventivas precisam continuar a ser seguidas.

“É perceptível que os indicadores caíram nos últimos dias e isso é positivo, mas precisamos reforçar que ainda estamos registrando altos números de infectados e hospitalização. É essencial que as medidas de prevenção sejam seguidas”, enfatizou o gestor.

COM ASSESSORIA

Leia também- ACES Solicita Retomada De Eventos Com Limite De 200 Pessoas Em Sinop

Acompanhe essa e outras notícias no Jornal da 93FM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat