Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Mato Grosso recebe R$ 10,1 milhões para combate a incêndios

Com o recurso, será possível financiar o plano de trabalho do governo do Mato Grosso para o combate aos incêndios que atingem a área do Pantanal.

0 19

O Estado de Mato Grosso recebeu do Governo Federal, 10,1 milhões de reais para o combate aos incêndios provocados em toda a região florestal do Estado. A liberação dos recursos foi assinada no início da tarde de hoje (16) em Cuiabá, em reunião entre o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho e o governador do estado, Mauro Mendes.

Com o recurso, será possível financiar o plano de trabalho do governo do Mato Grosso para o combate aos incêndios que atingem a área do Pantanal ao sul do estado, até mesmo em unidades de conservação.Mato Grosso recebe R$ 10,1 milhões para combate a incêndios 2

Na última segunda-feira (14), o governo de Mato Grosso decretou Estado de Emergência, devido aos incêndios de grandes proporções em todo o território estadual. O reconhecimento da situação pela União e a liberação dos recursos viabiliza a compra de equipamentos e contratação de serviços para combate aos focos de queimada e devastação.

Mato Grosso recebe R$ 10,1 milhões para combate a incêndios
Mato Grosso vem sofrendo com as queimadas em várias regiões de vegetação. (Foto: Mayke Toscano / Secom MT)

Mauro Mendes disse que vai usar os recursos para comprar retardantes de fogo biodegradáveis, compostos químicos misturados à água, e alocar mais aviões que fazem o combate direto ao incêndio.

“Há, nos parques, locais inacessíveis, que não têm estrada, não se consegue chegar onde está o fogo”, afirmou o governador ao defender o uso dos aviões que despejam os retardantes em áreas em combustão. (93 FM com Agência Brasil e Secom-MT)

Mato Grosso recebe R$ 10,1 milhões para combate a incêndios
Na tarde desta quarta-feira (16), o Governador Mauro Mendes se reuniu com o Ministro Rogério Marinho. (Foto: Mayke Toscano / Secom-MT)

 

Ação humana

Segundo perícia realizada pelo Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (Ciman-MT), ligado ao governo do estado, alguns incêndios foram provocados com o propósito de queimar a vegetação desmatada, inclusive “para criação de área de pasto para gado.”seca agravou o alastramento dos focos de incêndio.

Alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) inclui quase todo o território do estado em situação de “perigo” por causa da severidade da estiagem.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies