Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Mato Grosso é o 2º estado com a pior taxa de isolamento social

Mato Grosso é o 2º estado brasileiro com o pior índice de isolamento social e perde apenas para Goiás, de acordo com o ranking que mede esse índice realizado pela empresa In Loco, que usa como base dados de localização dos celulares, que foi divulgado pelo portal G1.

No sábado (9), Mato Grosso atingiu 38,03%, já Goiás, que está em primeiro teve 37,44% e em terceiro Mato Grosso do Sul , que atingiu 38,69% de isolamento social. Todos na região Centro Oeste.

Durante a live realizada na manhã desta segunda-feira (11), o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, disse que a taxa ideal seria entre 70 e 80%. “Preconizada nacionalmente o mínimo. Nós temos uma taxa abaixo de 50% e significa dizer que mais de 50% da população está se locomovendo com uma desenvoltura como se nós não tivéssemos uma pandemia”.

Gilberto aponta que isso pode trazer consequências para a área da saúde. “A tendência é que as pessoas acabem se interagindo e ai aumenta a circulação do vírus e por conseguinte o número de pessoas infectadas. Vai demandar mais de assistência hospitalar, os números vão crescendo nas enfermarias, nas UTI’s e infelizmente vão crescer os óbitos”, complementa.

Mato Grosso é o 2º estado com a pior taxa de isolamento social 2
Secretário Gilberto Figueiredo durante live na manhã desta segunda-feira (11) – Foto: Reprodução

O maior índice de isolamento social foi no final do mês de março, quando, de acordo com a empresa In Loco, Mato Grosso chegou a atingir 53,19% de isolamento.  A pior taxa mato-grossense foi registrada no início do mês de março, quando apenas 22,41% foram constatados pela pesquisa.

Vale ressaltar que, conforme o Boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, (SES), nesse domingo (10), o índice de pacientes hospitalizados com Coronavírus em Mato Grosso é de 10,2%. Sendo que no total, 53 pessoas seguem internadas, sendo 28 em UTI’s e 25 em enfermarias.

O estado também já figurou como o 2º do Brasil com a menor taxa de internação de pacientes com a doença.

Flexibilização

No dia 22 de abril o governador Mauro Mendes publicou um decreto relacionado ao isolamento social, a com medidas para evitar a circulação das pessoas que pertencem ao grupo de risco; disponibilizar locais adequados para higienização; ampliar a frequência de limpeza e desinfecção de locais muito usados; evitar reuniões presenciais e controlar o acesso de pessoas nos órgãos públicos e privados, de modo a evitar aglomerações.

O decreto também abordou as atividades religiosas em igrejas, como missas e cultos, entre outras medidas. Além disso, deu autonomia aos prefeitos para que tomasses decisões conforma realidade dos respectivos municípios.

O secretário Gilberto ainda fez, novamente, uma apelo, para que não se faça um relaxamento total. “Pedindo pra você que ainda acredita que toda essa pandemia é uma invenção. Tem até médico gravando vídeo dizendo que isso é uma mentira. Eu não sei se é uma mentira quase 1 mil óbitos por dia no Brasil registrados a partir do último final de semana, eu não sei se é uma mentira as imagens que mostram cemitérios com covas em escala pra enterrar, com dificuldade, inclusive, pra fazer funeral dos óbitos estabelecidos. Eu não sei se pode ser ficção os número que começam a crescer em Mato Grosso. Então, pra você cético que ainda acredita que pode ser uma invenção, cuidado, você pode estar colocando a sua vida em risco e a vida de todos aqueles que convide com você, portanto faço mais uma vez o apelo”.

Dados MT

De acordo com o boletim divulgado pela SES neste domingo (10), desde o início da pandemia aqui no estado, 519 casos confirmados foram confirmados, sendo que de sábado para ontem, domingo, surgiram 17 novas confirmações.

265 pessoas já estão recuperadas e 183 estão em isolamento domiciliar. Há ainda 53 pacientes hospitalizados, sendo 28 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 25 em enfermaria. Conforme o secretário Gilberto Figueiredo, grande parte das pessoas confirmadas com o Coronavírus são servidores da saúde.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies