Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

Após Condenação, Irmã de Victor Chaves Defende o Cantor e Critica Ex-Cunhada

Poliana Chaves Questionou a Versão da Ex-Cunhada Sobre as Agressões de Victor

0 31

Recentemente o cantor Victor Chaves foi condenado a 18 dias de prisão por agredir a ex-esposa Poliana Bagatini.

A pena do cantor poderá ser convertida em trabalho comunitário.

O caso ganhou grande destaque na mídia, e Victor Chaves foi alvo de inúmeras críticas, principalmente pelo fato de que Poliana estava grávida quando foi agredida por Victor.

Victor Chaves

Victor Chaves

Em seu Instagram, a irmã de Victor Chaves, Poliana Chaves, falou sobre o comportamento de Poliana Bagatini, e dos fatos que teriam levado ao desentendimento entre o casal:

“O que houve foi uma tentativa de contenção à uma mulher que estava em surto emocional, fato que nunca houvera antes, ocorrido em nossa família e de tal maneira, tão descontrolada. Uma pessoa que estava convivendo conosco pouco tempo e que trouxe uma carga emocional e um comportamento estranho, de invadir uma casa, um quarto, um banheiro, de uma mulher mais velha (minha mãe) e quebrar objetos de vidro pela casa, podendo ter se machucado, ou nos machucado. No mínimo, minha mãe merecia mais respeito. Ainda fez um bolo de aniversário e recebeu a ex-nora em sua casa na noite anterior com carinho”.

E prosseguiu questionando a versão de Poliana Bagatini sobre as agressões de Victor:

“Fico me perguntando, qual o motivo para tamanho surto, sendo que sempre foi tratada com respeito. Ainda mentiu dizendo que levou vários chutes na barriga. Em qual vídeo isso aparece? Gostaria que a minha ex cunhada, explicasse para a mídia em momento ela recebe vários chutes que ela alega na queixa que fez a priori! Onde está o vídeo dos vários chutes?“

E finalizou solicitando um pedido de desculpas da ex-cunhada:

“Deveria se desculpar, por ter provocado tamanho caos na vida de um artista digno de sua posição. Ameaçou sair para rua, no dia do ocorrido, com uma bebê de colo, sem nenhuma segurança e controle emocional. Deveria se desculpar, pois o pai dos filhos dela é um pai presente e que participa da educação dos filhos com honra (ela sabe do que eu estou falando). Deveria se desculpar porque, por pouco, não nos machucamos com os cacos de vidros que ela quebra pela casa!”. “Fica a pergunta: Porquê ela tornou pública, uma nota afirmando que ele não a agrediu e nem a agrediria? Força meu irmão! A verdade é e sempre será um alicerce!”

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies