Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Fiscalização de estabelecimentos sobre toque de recolher continua intensa em Sinop

Vigilância Sanitária, Procon, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar estão intensificando a operação de fiscalização

0 41

Vigilância Sanitária, Procon, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar estão intensificando a operação de fiscalização nos estabelecimentos com atendimento noturno da cidade.

A missão é verificar o cumprimento do Código Sanitário Municipal e as normas estabelecidas em seus artigos, bem como o Decreto Municipal 141/2020, que determina o toque de recolher (22h30 às 5h), assim como o fechamento dos estabelecimentos comerciais às 21h30, como medida temporária para prevenção dos riscos de disseminação do Coronavírus – Covid-19.

A operação é constante e recebe atenção especial, intensificando sua atuação durante os dias que antecedem o final de semana, assim como no próprio final de semana (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo), onde todas as forças se reúnem para trabalho conjunto.

Nos últimos dias, a Guarda Civil registrou, com o apoio da população consciente, o quantitativo de, pelo menos, 110 ligações/denúncias relacionadas ao descumprimento dos decretos municipais. E, se mantém atuante na fiscalização e orientação dos comércios e áreas públicas que contém aglomerações ou pessoas que não utilizam a máscara facial.

O número de pessoas contaminadas tem subido a cada dia e, tanto Prefeitura quanto forças de segurança estão preocupados. A gestão alerta para que o comércio mantenham as medidas de segurança como distanciamento, disposição de álcool em gel e higienização dos ambientes cobrando, sempre, a utilização de máscaras faciais pelos clientes mas, principalmente, que a população se conscientize, que só saia de casa em casos de extrema necessidade, que idosos e crianças se resguardem. A atenção também deve ser quanto as festas particulares, que pode ser um grande disseminador do Covid-19.

A decisão do Poder Executivo é baseada na situação de pandemia que assola o país, bem como o aumento dos casos de pessoas contaminadas pelo Coronavírus em Sinop.

Até a noite de segunda-feira, 29, a cidade contabilizava 365 casos confirmados e 662 suspeitos da doença. 21 mortes são contabilizadas. (Da assessoria)

Nos últimos dias, a Guarda Civil registrou, com o apoio da população consciente, o quantitativo de, pelo menos, 110 ligações/denúncias relacionadas ao descumprimento dos decretos municipais. – Foto: Assessoria

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies