Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM

“Eu matei mesmo e não me arrependo”, afirma assassino que arrancou coração da tia

0 42

“Eu matei ela mesmo e não me arrependo. Ela mereceu morrer”. Essa foi a afirmação de Lumar Costa da Silva, em uma entrevista coletiva. Ele matou e arrancou o coração da própria tia, Maria Zélia da Silva Cosmos, de 55 anos, no dia 2 deste mês.

Lumar confirmou que é usuário de drogas e que no dia do crime estava sob efeito de LSD. “Ela tava me sacaneando, me chamando pelas costas de viado, de drogado, arrumando confusão pra mim lá no bairro e eu só queria paz”.

O assassino disse à imprensa que não tinha a intenção de matar, mas que depois que decidiu cometer a atrocidade, já sob efeito da droga, não pensou duas vezes. “Quando eu tomei o LSD que falei agora vai, eu fui mesmo”.

Sobre a briga que teve com a mãe dele, em São Paulo, uma semana antes de se mudar para Sorriso, Lumar disse que a odiava. “A minha mãe é um demônio aquela praga. Ela me batia, me espancava me enforcava”, disse com um tom de raiva na voz.

Assista a entrevista completa publicada pelo MT Notícias:

O caso
Lumar arrancou o coração da vítima, colocou dentro de uma sacola e levou para a filha da vítima. Ao chegar na casa de Patrícia Cosmos, filha de Maria Zélia, ele entregou a sacola para ela. O caso aconteceu no bairro Vila Bela, em Sorriso e ele teria utilizado duas facas para cometer esse crime.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies