Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Empresários pedem abertura do comércio e prefeitura diz que vai analisar; Lojas seguem fechadas

0 31

Por enquanto o comércio em Sinop continua fechado em cumprimento do decreto municipal de emergência, que começou nessa segunda-feira (23) e segue até o dia 5 de abril. Empresários se reuniram com o Secretário de Finanças e Orçamento, Astério Gomes e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Daniel Brolese, para solicitar a abertura dos estabelecimentos antes do fim da vigência do documento.

Leia também: Com exceção dos essenciais, comércios de Sinop são obrigados a fecharem as portas 

Conforme o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Marco Antônio Alves, essa reivindicação do empresariado se deu por meio da crise econômica gerada devido ao fechamento do comércio. “Os mercados estão abertos, mas daqui uns dias ninguém mais vai ter dinheiro para estar comprando o alimento, então o pensamento de estarmos tomando medidas, cada um usando seus formatos para continuar os trabalhos funcionando com o comércio aberto, mas tomando as medidas de precaução”, disse.

Já o presidente da Associação Comercial e Empresarial (ACES), Klayton Gonçalves, aponta que os empresários tentam encontrar uma maneira de abrir sem prejudicar, ou descumprir as recomendações do Ministério da Saúde. “Nós queremos que o comércio abra o quanto antes e para isso estamos discutindo regras bem criteriosas, mas que possa retomar nossa economia. Entendendo que Sinop não tem nenhum caso confirmado. Respeitamos a opinião de todos os médicos, mas o comércio tem cumprido sua parte e precisamos dar uma possibilidade de retorno pro comércio”.

Leia também: Sinop tem 22 Suspeitas de Coronavírus em atualização desta terça

Empresários participam de reunião com secretário de finanças,CDL e ACES – Foto: Assessoria

Em resposta, o secretário Astério Gomes assegura que o pedido dos comerciantes será encaminhado ao Gabinete de Situação, que atualmente discute ações de combate e prevenção ao Coronavírus em Sinop, para que possa ser estudado por toda a equipe. “O decreto é alterado todo dia e toda hora, de acordo com as necessidades. Estamos trabalhando para que possamos fazer os ajustes necessários para que a economia não fique prejudicada”, disse ao final da reunião realizada nesta quarta-feira (25).

O responsável pela pasta de Finanças de Sinop pediu paciência para os empresários. “Nós fizemos um decreto para 15 dias e estamos apenas no 3º dia. Entendemos que o empresário ficou preocupado, porque envolve demissões, emprego e renda e envolve de maneira geral toda a economia da cidade de Sinop. Viemos ouvir e vamos ouvir toda hora que for preciso. Vamos fazer a reunião no Gabinete de Situação e analisar todos esses pedidos e ponderações dos empresários”, complementa Gomes.

O decreto

O decreto foi assinado pela prefeita Rosana Martinelli e divulgado durante uma live no Facebook, na manhã de sábado (21). A chefe do Executivo municipal decretou situação de emergência como forma de prevenção da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e além do fechamento, a chefe do Executivo municipal proibiu a aglomeração de pessoas em espaços públicos de uso coletivo, como parques, praças e pistas de caminhadas.

Ela suspendeu o atendimento ao público em todos os órgãos da Prefeitura de Sinop, com exceção da Secretaria de Saúde, sendo que as demais secretarias deverão se organizar em escalas, mantendo o número mínimo de servidores para manutenção dos trabalhos.

Já o transporte coletivo fica obrigado a limitar o número de passageiros e realizar a higienização por completo dos ônibus ao final de cada trajeto.

No decreto são considerados os serviços essenciais, ou seja, aqueles que irão continuar funcionando:

  • Tratamento e abastecimento de água
  • Geração, transmissão e fornecimento de energia elétrica e gás
  • Postos de combustíveis, exceto as lojas de conveniência
  • Assistência médica e hospitalar
  • Farmácias, supermercados, mercearias e padarias
  • Empresas funerárias
  • Empresas de telecomunicação
  • Captação e tratamento de água e esgoto
  • Segurança privada
  • Imprensa em geral

 

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies