Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Dicas para ser um ótimo vendedor externo

0 32

Assim como os funcionários internos, o vendedor externo desempenha a tarefa de negociar diariamente o produto ou serviço de sua companhia a possíveis clientes.  O grande diferencial da sua atividade reside na forma em que essa interação é estabelecida. 

Em vez de contactar o público consumidor sem deixar as dependências da empresa, esse tipo de profissional se desloca até o cliente para formalizar vendas, conduzir reuniões, fazer o contato pós-venda, entre outras atribuições essenciais do cargo.

Se você está à procura de mais informações sobre as atribuições e os diferenciais para ser um ótimo vendedor externo, confira o conteúdo que elaboramos abaixo.

Atribuições de um vendedor externo

Ter clareza sobre os encargos dessa função auxilia no entendimento das qualidades necessárias para ser um ótimo vendedor externo. Vamos listar os principais:

  • Mapear oportunidades de negócio com base nos perfis de clientes pré-estabelecidos pela empresa;
  • Elaborar propostas comerciais, apresentações e demonstrações do produto ou  serviço;
  • Entrar em contato com clientes para agendar negociações de prazos e valores;
  • Acompanhar a entrega do produto ou serviço contratado;
  • Assegurar que os prazos, demandas e outras questões acordadas sejam cumpridas;
  • Fazer-se presente após a conclusão da venda a fim de fornecer suporte pós-venda e consolidar a relação com o cliente.
Feito esse pequeno recorte das funções desempenhadas por essa profissão, informe-se sobre como um vendedor externo pode se destacar e aprimorar sua prática de trabalho.

Se a venda externa ocorre para alguém que já tenha um relacionamento prévio com a instituição, o profissional precisa entrar na plataforma de atendimento ao cliente e avaliar o histórico dele com a empresa. Este banco de dados é extremamente útil para ajustar a abordagem e ter sucesso na operação.

Agora, se a prospecção parte de um novo contato ainda sem uma relação direta com a empresa, o vendedor externo precisa descobrir qual a origem do cadastro e como a atenção foi conquistada. Se o interessado vem de uma indicação, tente estudar seu perfil, seus gostos e desejos para criar uma conexão inicial, essencial para ter sucesso na negociação.

Implemente estas 6 dicas para ser um ótimo vendedor externo

  1. Conheça profundamente o serviço vendido;
  2. Automatize tarefas;
  3. Internalize que vender é um processo;
  4. Tenha domínio sobre o processo de vendas da sua empresa;
  5. Não desista após os primeiros follow ups;
  6. Mantenha-se honesto.

Conheça profundamente o serviço vendido

Mesmo toda empatia e habilidade em comunicação não é capaz de compensar a falta de conhecimento sobre o produto ou serviço vendido.

Tal despreparo reduzirá suas chances de sucesso, afinal sua compreensão sobre o que é oferecido influenciará na decisão a ser feita pelo cliente.

Dessa forma, uma de nossas dicas para ser um ótimo vendedor externo é ter domínio sobre a solução vendida e ir além. Aperfeiçoe constantemente seus conhecimentos sobre o mercado e seus clientes ao manter-se atualizado sobre as tendências do seu setor.

Essa atitude o deixará mais preparado enquanto vendedor externo, permitindo que você venda mais.

Automatize tarefas

Saber como utilizar ao máximo o tempo disponível é um requisito fundamental para ser um ótimo vendedor externo. Porém, otimizar o horário de trabalho nem sempre é uma tarefa fácil.

Muitas atividades diárias inerentes ao cargo tendem a ocupar uma grande fatia do tempo disponível. Isso resulta na redução dos momentos dedicados às vendas em si.

Servir-se da tecnologia, como um software de CRM (Customer Relationship Management), permitirá que tarefas como planejamento de rotas, organização e avaliação de leads, acompanhamento de clientes, agendamento de compromissos etc. sejam automatizadas.

Além de impulsionar sua produtividade, essa ferramenta permite que informações atualizadas e ordenadas sejam compartilhadas com seus companheiros de equipe.

Leia aqui: Como encontrar um bom fornecedor de roupas

Internalize que vender é um processo

Nas palavras da coach em habilidades de apresentação de vendas Patrícia Fripp: “Você não fecha um negócio, você abre um relacionamento se deseja construir uma empresa longeva e bem-sucedida.

A fala de Fripp encapsula o conceito que concretizar uma venda é parte de um processo contínuo que visa consolidar sua relação com o cliente.

Estabelecer quais são as necessidades, dores e interesses do cliente acerca do produto vendido e determinar como vendê-lo são os primeiros passos.

E os contatos pós-vendas, ao contrário do que se imagina, não são os últimos. 

Isso porque “fechar” o processo não é o objetivo, mas sim manter a relação com o cliente viva. Dessa forma, futuras transações podem ser realizadas.

Tenha domínio sobre o processo de vendas da sua empresa

A percepção que introduzimos acima também implica o fato de que cada empresa tem seu processo, sua forma de conduzir o cliente pelo funil de vendas.

Felizmente, você não precisa aprender todos os passos sozinho.  Recorra ao seu superior para compreender profundamente o processo da empresa. 

Com domínio sobre essa metodologia, você saberá como posicionar seu produto, quais estratégias utilizar ao falar com consumidores, ter clareza sobre os predicados do seu cliente ideal etc.

Não desista após os primeiros follow ups

Segundo estudos conduzidos pela Atom Content Marketing, empresa de marketing de conteúdo do Reino Unido, 80% das vendas ocorrem depois do quinto follow up.

Ou seja, o cliente tende a dizer “sim” somente após cinco contatos de acompanhamento posteriores ao início do processo de vendas.

O mesmo estudo indica que quase metade dos vendedores desiste após o primeiro follow up.

Diante desse cenário, ser paciente e persistir com um bom atendimento é uma de nossas dicas para ser um ótimo vendedor externo e destacar-se no ramo.

Mantenha-se honesto

Ao abordar esse tópico, Ollie Smiter, fundador do ExpertSute (plataforma de cotação de preços) expressa a seguinte opinião:

Um vendedor de sucesso não mente para fechar um negócio, pois ele sabe que essa atitude não só queima a ponte entre ele e esse cliente, mas também todas as outras potenciais pontes entre o contato dele e os contatos desse cliente.” 

É melhor perder um negócio e manter sua honestidade, integridade e rede de contatos”, ele completa.

A citação de Smiter sintetiza a importância de manter-se honesto ao relacionar-se com cada contato.

Portanto, não faça promessas impossíveis e nem omita dados relevantes a fim de fechar uma venda.

Ser honesto acerca do produto vendido pode não resultar em uma venda, mas certamente  permitirá que seu relacionamento com o cliente mantenha-se firme até uma possível negociação bem sucedida no futuro.

O interesse em se aperfeiçoar aliado às nossas dicas para ser um ótimo vendedor externo permitirão que sua prática diária torne-se mais efetiva.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies