Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Com quase 100 anos, Maria Oliveira venceu a Covid 2 vezes

Dona Maria é mãe do ex-governador Dante de Oliveira. Segundo o relato a idosa tomou as duas doses da vacina contra a Covid-19. A confirmação da contaminação veio 15 dias após a receber a injeção de imunizante pela segunda vez. Acesse e veja o depoimento do neto.

0 228

A poucos dias do seu aniversário de 100 anos, Dona Maria Oliveira, mãe do ex-governador Dante de Oliveira, tem motivos redobrados para comemorar. Ela superou a covid-19 por duas vezes e completa um século de vida no próximo dia 1º de maio.

O neto da Dona Maria, Leonardo Oliveira, relata que a família só tem o que comemorar pela vitória.

Relatou que a avó pegou covid-19 pela primeira vez há cerca de 5 meses. Na época, ela sentiu sintomas moderados e precisou de máquina de oxigênio em casa. Ela vive sobre os cuidados da famílias e de profissionais. Ela é a única moradora da avenida Isaac Póvoas.

“Agora, da segunda vez, ela sentiu bem menos. Foi só um mal estar e fez o exame que apontou a covid. Ela ficou isolada e ontem fizemos exames que comprovaram que ela não está doente mais”, relatou o neto.

Segundo Leonardo Oliveira, Maria tomou as duas doses da vacina. A confirmação da contaminação veio 15 dias após a receber a injeção de imunizante pela segunda vez.

Segundo dados do Butantan, a CoronaVac, mais aplicada em Mato Grosso, tem eficácia de 50,7%, ou seja, diminui pela metade a chance de contaminação. Todavia, mesmo que a pessoa imunizada seja contaminada, as chances de ser sintomas graves e precisar de internação drasticamente reduzidos. A recomendação do Ministério da Saúde (MS) é que as doses sejam aplicadas com intervalo de 14 a 28 dias. No entanto, estudos mais recentes apontam para uma melhor eficácia, que chega a 62,3% quando a aplicação é feita após 21 dias após a primeira.

“Agora gente só tem que comemorar a agradecer. O aniversário dela está chegando e vamos celebrar como ela gosta, na igreja. Ainda vamos ver como isso pode ser feito, se do lado de fora, não sabemos ainda”, comemorou o neto.

Maria de Oliveira não tem outras doenças pré-existentes. Somente a idade a coloca no grupo de risco para a doença.

(Com Gazeta Digital)

Leia também- TRAGÉDIA: Criança De 10 Anos Morre Carbonizada Em Sinop

Acompanhe essa e outras informações no Jornal da 93FM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies