Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Chuva e vento forte derrubam torre de rádio, postes e árvores na região norte

0 233

Uma forte chuva atingiu o município de Alta Floresta, neste domingo (23). O vento forte derrubou a torre de uma rádio. De acordo com os funcionários, quando eles chegaram para trabalhar e encontraram os fios retorcidos.

Um vídeo gravado por moradores da cidade mostram parte dos estragos ocasionados pela chuva.

A torre ficava no Bairro Jardim Flamboyan. Além do vento forte, caiu granizo. Algumas árvores e postes caíram. A cidade chegou a ficar sem energia.

Uma empresa pegou fogo. As chamas destruíram o local. Uma perícia deve constatar o que ocasionou do fogo.

Poste caído no Campus da Unemat em Alta Floresta — Foto: Silvio Mazurek
Poste caído no Campus da Unemat em Alta Floresta — Foto: Silvio Mazurek

Sorriso
Cerca cinco equipes da Prefeitura de Sorriso estão nas ruas, desde a noite de ontem (22), trabalhando para reduzir os impactos provocados pelo temporal que atingiu a cidade, com ventos que chegaram a até 51 quilômetros por hora, de acordo com a estação meteorológica do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

O secretário de Obras e Serviços Públicos, Acácio Ambrosini, ressalta que os trabalhos de rescaldo dos estragos causados pelas chuvas começaram, ainda, durante a noite do domingo e a prioridade está sendo dada para os casos emergenciais, que incluem quedas de árvores e ruas obstruídas.

“Recebemos mais 15 chamadas relativas a quedas de árvores, estamos com três equipes nas ruas fazendo a limpeza e desobstrução das ruas e calçadas. Outras duas equipes estão fazendo a manutenção dos telhados e calhas dos prédios públicos que também foram afetados pelo temporal”, explica Acácio.

Segundo o secretário, o número de árvores e galhos caídos deve aumentar até o fim do dia, já que ainda não foram compiladas as informações de atendimentos pelo Corpo de Bombeiros. Homens da Defesa Civil do município estão fazendo o levantamento dos estragos ocasionados pela chuva.

“Sabemos que é um fenômeno natural que sempre acontece nas primeiras chuvas, mas não podemos ficar parados. Tivemos alguns prédios públicos que foram afetados pelo temporal, como a UPA e algumas escolas e Cemeis. Mas, graças ao Programa Revitalização, que implantamos no início da gestão, a grande maioria dos prédios públicos que apresentavam problemas sérios nos telhados, muros e calhas, foram reformados antes que o período chuvoso começasse, evitando estragos maiores”, frisa o prefeito Ari Lafin. (Do G1 Mato Grosso e Portal Sorriso)

Foto: Cleiton Isidoro/Decom

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies