Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio PRIME FM Ao Vivo

Assista a Prime FMOuça a Prime FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Agosto Lilás: Trabalhos da OAB que atuam em favor da mulher

Em continuidade a campanha Agosto Lilás 93FM, o presidente da OAB Sinop, Doutor Eduardo Chagas, informou sobre as leis e serviços que atuam a favor da mulher vítima de violência doméstica. Acompanhe.

Dando continuidade a campanha Agosto Lilás, em prol ao combate de violência contra a mulher,  esteve presente nas dependências da Rádio 93FM, nesta terça-feira (10), o presidente da OAB de Sinop, Dr. Eduardo Chagas, qual informou sobre os trabalhos da OAB nesta luta, além de abordar sobre a Rede de Enfrentamento que realiza ações de forma preventiva.

A OAB Mato Grosso, e as suas subseções, desenvolvem o trabalho de proteção a mulher, através da comissão do Direito da Mulher.

“A comissão tem a objetividade em analisar o direito da mulher enquanto advogada, mas também da mulher enquanto sociedade”, disse Chagas.

Vale ressaltar, que a OAB Sinop faz parte da rede de enfrentamento, com várias entidades em conjunto, trabalhando para o bem estar da mulher, e para que não ocorra a violência.

Segundo Eduardo Chagas, a lei Maria da Penha, qual comemorou no último sábado (07), 15 anos de criação, veio para reforçar a proteção a mulher.

Em Sinop também possuí outros dispositivos especializados em violência doméstica atuantes,  sendo trabalhado pela Vara de Violência Doméstica.

Conforme o Presidente da OAB, está gestão vem atuando persistentemente em prol da mulher, com parcerias de vários órgãos, como o CRAS, Assistência Social e Polícia Militar.

“São várias pessoas físicas e jurídicas engajadas para melhorar esses índices de violência”, disse o doutor.

Chagas elogia as ações da rede de enfrentamento, e afirma que o trabalho de repressão para caso de violência é de suma importância, mas o de prevenção também deve ser feito de forma árdua, e é assim que a rede vem trabalhando, se tornando também uma protetora da sociedade, para que não ocorra a violência contra a mulher.

O Presidente da OAB ainda explica que as leis em prol da mulher vem melhorando com o tempo, e fatores como a própria mulher estar ativa dentro da política pode ter sido um fator principal.

A medida protetiva também fazem o papel de inibir a violência.

“Poderiam ser muito maiores esses índices, as penas aumentaram, e é isso que a gente tem que pensar, sociedade evoluí, as leis evoluem, para que a gente tenha um mínimo de problema possível na sociedade. Mas tendo, nós temos ai quem reprimem e os órgãos que ajudam”, finalizou Eduardo Chagas.

Como denunciar?

Denúncias de casos de violência domésticas podem ser realizadas pela vítima, familiares e amigos, através do número 180, da Central de Atendimento à Mulher. Em caso de emergência, o pedido de socorro pode ser feito diretamente pelo 190.

Com a crescente de casos de violência e feminicídio no estado de Mato Grosso, algo deve ser feito para que as mulheres tenham direito a vida, sem que em algum momento sofram qualquer tipo de violência, seja ela psicológica, patrimonial ou até mesmo física, por isso a importância da campanha Agosto Lilás.

Agosto Lilás

A Campanha Agosto Lilás 93 FM,  vem com o intuito de conscientizar e combater a violência contra a mulher. Em combate ao mal, nós usaremos a nossa maior arma, o microfone.

Leia também –

Acompanhe outras notícias no Jornal da 93FM

 

 

 

 

 

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies
Open chat