Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Tremor de terra de magnitude 3 é registrado nesta manhã em MT

0 185

Um tremor de terra de magnitude 3 na escala Richter foi registrado por volta das 6h17 desta segunda-feira (20), na cidade de Barão de Melgaço, em Mato Grosso. A informação consta no Relatório Sismológico da Universidade de Brasília, nesta manhã.

Terremotos que apresentam escala inferior a 3,5 graus têm possibilidade de ser registrado, no entanto, é muito difícil de ser percebido. O impacto semelhante à passagem de um veículo grande e pesado.

Na sexta-feira (17), um tremor de terra com a magnitude um pouco mais baixa foi registrado em Porto dos Gaúchos. Naquele dia o observatório da universidade constatou que, na escala Richter, o eventual tremor ficou na casa dos 2,5 graus.

Tremor em Barão de Melgaço
Relatório emitido pelo Observatório Simológico da Universidade de Brasília – Foto: Reprodução

 

Escala Richter

É um sistema de medição elaborado por Charles Richter e Beno Gutenberg utilizado para quantificar a intensidade dos terremotos conforme a sua manifestação na superfície terrestre. Seu limite, teoricamente, não existe, mas é comum a convenção de que não haja terremotos que ultrapassem o grau 10.

Essa escala surgiu para medir não tão somente a magnitude dos terremotos, mas também para comparar suas intensidades entre si, conferindo uma noção relativa da força de um abalo sísmico em relação a outro. Assim, tremores muito fracos possuem um grau menor e aqueles mais evidentes possuem uma graduação maior.

A Escala Richter, por definição, é uma escala logarítmica. Isso quer dizer, por exemplo, que um tremor de intensidade cinco é 10 vezes mais forte que um de escala quatro e, consequentemente, 100 vezes mais forte que um de nível três.

O cálculo da Escala Richter costuma estar associado à distância do hipocentro (ponto exato do tremor no subsolo) ao epicentro (ponto em que o tremor é sentido mais fortemente na superfície), além do tempo de manifestação e a sua amplitude. No entanto, para casos em que os terremotos ocorrem em grandes profundidades, há outros meios de cálculo, haja vista que suas consequências na superfície são pequenas. (Colaborou Mundo Educação)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies